Avaí defende invencibilidade no jogo contra o Náutico

Mais do que defender a invencibilidade de oito jogos, o Avaí quer fechar a sua participação no primeiro turno do Campeonato Brasileiro com aproveitamento acima da média pretendida pelos seus jogadores. Se vencer o Náutico, neste sábado, a partir das 18h30, em Florianópolis, o time catarinense alcançará 30 pontos, seis a mais da estimativa prevista para o turno na equação necessária para se manter na Série A.

JÚLIO CASTRO, Agencia Estado

15 de agosto de 2009 | 08h28

Veja também:

link Sem Gilmar, Náutico tenta sair da zona de rebaixamento

especialMASCOTES - Baixe o papel de parede do seu time

especialVisite o canal especial do Brasileirão

Brasileirão 2009 - lista Tabela | tabela Classificação

especialDê seu palpite no Bolão Vip do Limão

Se confirmar a vitória, ficarão faltando 17 pontos na soma necessária para escapar de qualquer ameaça. Este é o objetivo exclusivo do time no primeiro ano, após 30 temporadas, de sua disputa na competição. O time catarinense ocupa a sétima posição na tabela de classificação, com 27 pontos, e seu adversário está na 17.ª colocação, com 18.

E ao combinar relação de confiança com desempenho, o técnico Silas mantém o mesmo time, além do esquema tático da sequência invicta de seis vitórias e dois empates. "O Náutico está numa crescente e tem muita gente pra se preocupar. É um adversário que merece todo nosso respeito e atenção", disse Silas, ao comentar a ausência de alguns jogadores no time adversário, entre eles o atacante Gilmar.

Tudo o que sabemos sobre:
futebolCampeonato BrasileiroAvaí

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.