Avaí denuncia Brasiliense no STJD

O Avaí protocolou nesta sexta-feira denúncia no Superior Tribunal de Justiça Desportiva (STJD) contra o Brasiliense pela utilização irregular do meia Thiano, na partida que venceu o Bahia, por 3 a 2, no último sábado. O resultado deu o título de campeão brasileiro da Série B ao time da Capital Federal.O Avaí descobriu que o jogador assinou a súmula, não atuou na partida e teve seu contrato com o time brasiliense encerrado no dia 6 de dezembro, mas o pedido de renovação foi feito somente no dia seguinte. "A lei é clara. Até a data de vencimento, o contrato de qualquer jogador pode ser prorrogado. Fora isso, só é possível renovação e não é isso que consta dos documentos que apuramos", declarou Luiz Trindade Cassetari, advogado designado pelo Avaí para trabalhar no caso.Segundo Cassetari, o Brasiliense teve prazo para prorrogar o contrato do jogador até o dia 6, mas deu entrada com a documentação no setor de registros da CBF um dia depois. O clube catarinense defende a retirada de seis pontos do Brasiliense.O parecer da procuradoria do STJD sobre o caso será dado até a próxima terça-feira. Se o procurador oferecer denúncia contra o Brasiliense, o processo deverá entrar em pauta de julgamento em uma das comissões do órgão. Caso vença a batalha no "tapetão", a equipe catarinense tomará a vaga do Brasiliense no Campeonato Brasileiro da Série A de 2005.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.