Jamira Furlani/Divulgação
Jamira Furlani/Divulgação

Avaí derrota a Ponte, deixa zona de queda e complica o Figueirense

Zagueiro Antônio Carlos garante a vitória magra na Ressacada

Estadão Conteúdo

28 Novembro 2015 | 23h13

O Avaí ganhou um fôlego extra na briga contra o rebaixamento no Campeonato Brasileiro. Em um jogo tenso, o time catarinense sofreu, mas venceu a Ponte Preta por 1 a 0, na noite deste sábado, no Estádio da Ressacada, em Florianópolis, pela penúltima rodada da competição.

Com esta importante vitória, o Avaí deixou a zona de rebaixamento. No momento, possui 41 pontos, na 15.ª posição. Tem um ponto a mais que o rival Figueirense, agora o primeiro na faixa de descenso, que horas mais cedo caiu por 3 a 2 diante do São Paulo, no Morumbi. Por outro lado, a Ponte ficou matematicamente fora da briga pela Copa Libertadores. O time ocupa a nona posição, com 51 pontos.

Agora, o Avaí terá de encarar um páreo duro contra o campeão Corinthians, no Itaquerão, para escapar do rebaixamento. Enquanto isso, a equipe do interior paulista fecha sua campanha contra o Sport, no estádio Moisés Lucarelli, em Campinas. Os dois jogos serão disputados às 17 horas do próximo dia 6 de dezembro.

Apesar de praticamente cumprir tabela, a Ponte Preta não se intimidou e controlou o jogo no primeiro tempo. Foram três boas chances criadas pelos visitantes, enquanto o Avaí assustou apenas uma vez. Na melhor oportunidade dos paulistas, o atacante Diego Oliveira roubou a bola pela direita e poderia tocar para o atacante Alexandro, livre. Ele optou por finalizar cruzado e mandou rente à trave esquerda do goleiro Vágner.

Na segunda etapa, o Avaí voltou com uma postura totalmente diferente. A situação da Ponte se complicou aos dez minutos, quando o volante Elton recebeu o segundo cartão amarelo e foi expulso. Com um a mais, os catarinenses foram ao ataque e o gol foi questão de tempo. O meia Renan Oliveira cruzou da esquerda e o zagueiro Antônio Carlos cabeceou no canto esquerdo de Marcelo Lomba.

FICHA TÉCNICA

AVAÍ 1 X 0 PONTE PRETA

AVAÍ - Vagner; Nino Paraíba, Antônio Carlos, Emerson e Romário; Claudinei (Adriano), Eduardo Neto (Tinga) e Renan Oliveira; Everton Silva (Roberto), Anderson Lopes e Léo Gamalho. Técnico: Raul Cabral.

PONTE PRETA - Marcelo Lomba; Rodinei, Renato Chaves, Ferron e Gilson; Fernando Bob, Elton e Cristian (Keno); Clayson (Jefferson Recife), Alexandro e Diego Oliveira (Juninho). Técnico: Felipe Moreira.

GOL - Antônio Carlos, aos 20 minutos do segundo tempo.

CARTÕES AMARELOS - Everton Silva (Avaí); Elton e Gilson (Ponte Preta).

CARTÕES VERMELHOS - Elton (Ponte Preta).

RENDA - R$ 92.114,00.

PÚBLICO - 7.150 pagantes.

LOCAL - Estádio da Ressacada, em Florianópolis (SC).

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.