Avaí derrota o Boa de virada e encosta no G4 da Série B

Em uma noite de muita chuva na cidade de Florianópolis, tudo parecia que o Avaí iria tropeçar em casa e ficar ainda mais distante do G4 - o grupo de acesso. Mas o time catarinense lutou até o fim e foi recompensado com a vitória sobre o Boa por 2 a 1, de virada, nesta terça-feira, no estádio da Ressacada, pela 20.ª rodada do Campeonato Brasileiro da Série B.

AE, Agência Estado

28 de agosto de 2012 | 22h05

Após se reabilitar da derrota para o Criciúma, o Avaí chegou aos 33 pontos e entrou de vez na briga pelo acesso. Já o Boa segue na zona intermediária da tabela de classificação, com 25 pontos. O time mineiro vinha de duas vitórias seguidas e assustou o adversário ao abrir o placar, mas levou a virada aos 39 minutos do segundo tempo quando administrava o empate.

O Avaí tentou começar pressionando o Boa, mas acabou sendo surpreendido pelo time mineiro em um contra-ataque logo aos nove minutos. Marcelo Macedo recebeu lançamento nas costas de Julinho, ganhou na corrida de Renato Santos e tocou na saída do goleiro Diego. Depois disso, os donos da casa bem que tentaram o empate, mas sem sucesso, principalmente devido aos erros nas finalizações.

Sabendo que só a vitória interessava, o Avaí voltou do intervalo com uma formação mais ofensiva e chegou ao empate logo aos nove minutos. Após cruzamento para a área, a bola passou por todo mundo, menos por Renato Santos, que soltou a bomba dentro da pequena área.

O time catarinense não conseguiu manter o mesmo ritmo, mas continuou com mais posse de bola e chegou à virada aos 39 minutos. Pirão cobrou falta e o goleiro Daniel soltou a bola nos pés de Diogo Acosta, que completou de bico para o gol.

O Avaí retorna a campo no próximo sábado contra o São Caetano, às 16 horas, no estádio Anacleto Campanella, em São Caetano do Sul, pela 21.ª rodada. Na sexta, o Boa recebe o Guarani, às 19h30, no estádio Dilzon Melo, em Varginha (MG).

FICHA TÉCNICA

AVAÍ 2 x 1 BOA

AVAÍ - Diego; Wagner Diniz, Renato Santos, Jailton e Julinho; Bruno (Camilo), Rodrigo Thiesen, Nenê Bonilha (Pirão) e Cléber Santana; Felipe Alves (Ricardo Jesus) e Diogo Acosta. Técnico: Hemerson Maria.

BOA - Daniel Luiz; Neílson, Carciano, Neylor e Olívio; Everton Hora (Michel Elói), Petros (Higo), Radamés e Francismar (Serginho); Vanger e Marcelo Macedo. Técnico: Sidney Moraes.

GOLS - Marcelo Macedo, aos 9 minutos do primeiro tempo; Renato Santos, aos 9, e Diogo Acosta, aos 39 minutos do segundo tempo.

CARTÕES AMARELOS - Cleber Santana (Avaí); Petros, Carciano, Neylor, Francismar e Olívio (Boa).

ÁRBITRO - Heber Roberto Lopes (Fifa/PR).

RENDA - R$ 34.395,00.

PÚBLICO - 3.514 pagantes.

LOCAL - Estádio da Ressacada, em Florianópolis (SC).

Tudo o que sabemos sobre:
futebolBrasileirãoSérie BAvaíBoa

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.