Avaí e Goiás buscam vaga na semifinal da Sul-Americana como consolo

Na zona de rebaixamento no Brasileirão, clubes sonham com possibilidade de disputar a Libertadores

AE, Agência Estado

11 de novembro de 2010 | 08h02

Avaí e Goiás estão na zona de rebaixamento do Campeonato Brasileiro e têm boas chances de descerem para a Série B em 2011. Mas o fim de ano de um dos dois pode ser consolado com uma possível conquista da Copa Sul-Americana e a consequente classificação para a Copa Libertadores da América. Nesta quinta-feira, às 20 horas, no Estádio da Ressacada, em Florianópolis, os dois times decidem uma vaga nas semifinais do torneio.

O confronto de ida, há duas semanas, em Goiânia, terminou em 2 a 2. Por ter marcado duas vezes fora de casa, o Avaí pode até empatar por 0 a 0 e 1 a 1 em sua casa que avançará de fase. Ao Goiás, resta vencer ou conseguir igualdade por três ou mais gols. Se o placar do Serra Dourada se repetir, a decisão irá para os pênaltis.

Justamente pela possibilidade de uma inédita classificação às semifinais de um torneio internacional, ambas as equipes devem ir a campo com força máxima, apesar do risco de perderem titulares para os jogos do final de semana do Campeonato Brasileiro.

No Avaí, o técnico Vagner Benazzi não tem problemas, mas esconde o time. Ele não disse antecipadamente se usará a formação com três zagueiros ou se escolherá o 4-4-2. "A dificuldade nossa vai ser até maior, porque eles (Goiás) precisam do resultado. A gente tem a vantagem e está dentro da nossa casa, então, junto com o nosso torcedor vamos procurar nos doar ao máximo para que a gente consiga o resultado que nos seja favorável e saia com a classificação", disse o zagueiro e capitão Emerson.

Já o Goiás promoverá a estreia do técnico Artur Neto, contratado para o lugar de Jorginho, demitido após a goleada por 4 a 1 sofrida diante do Prudente, no fim de semana. O novo comandante também faz mistério quanto à escalação. "Vamos fazer o melhor nesta partida, que é super importante para o clube. E depois nós temos o ano de 2011, que se Deus quiser vai ser bem melhor do que esse e já vamos começar a planejar para que seja realmente muito bom e feliz", disse, em sua apresentação.

Tudo o que sabemos sobre:
futebolCopa Sul-AmericanaAvaíGoiás

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.