Alceu Atherino/Avaí FC
Alceu Atherino/Avaí FC

Avaí passa por sanitização na Ressacada e fará testes contra covid-19 em atletas

Trabalho foi feito nas áreas internas e externas "e visa diminuir a quantidade de microrganismos a níveis considerados seguros

Redação, O Estado de S.Paulo

11 de maio de 2020 | 14h30

O Avaí realizou nesta segunda-feira a sanitização do estádio da Ressacada, em Florianópolis, em um processo que já havia sido realizado no início da pandemia do novo coronavírus. O trabalho foi feito nas áreas internas e externas "e visa diminuir a quantidade de microrganismos a níveis considerados seguros".

Ainda segundo o clube, foram "higienizados os bancos de reserva, todos os vestiários, academia, departamento médico, áreas comuns do departamento de futebol, sala das comissões técnicas, da diretoria de futebol, auditório, Secretária, Loja Avaí Store e as áreas administrativas".

Também nesta segunda-feira, mas no período da tarde, o Avaí testará todos os jogadores, a comissão técnica e os funcionários. Serão mais de 50 amostras para "teste de RT-PCR e de sangue para análise sorológica por luminescência". Os resultados serão conhecidos em 72 horas. Essa é mais uma etapa do Avaí na tentativa de retomar os trabalhos.

"Os atletas chegarão em seus veículos, um atleta por carro, estacionarão em suas vagas e serão chamados um a um com todos os cuidados e conforme relação previamente elaborada. Cada atleta passará inicialmente pela aferição da temperatura por câmera termográfica, responderão ao questionário clínico do COVID-19 incluído no Guia Médico e em seguida terão o material coletado", explicou o clube de Florianópolis.

O Avaí terminou a fase de classificação do Campeonato Catarinense na liderança e agora enfrentará a Chapecoense nas quartas de final. O mata-mata, porém, ainda não tem data e nem horário definidos.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.