Jamira Furlani/Avaí FC
Jamira Furlani/Avaí FC

Avaí perde para Atlético-GO em casa e volta à zona de rebaixamento do Brasileirão

Time de Claudinei Oliveira não era derrotado desde a 18ª rodada da competição

Estadão Conteúdo

01 Outubro 2017 | 19h02

O Avaí conheceu a primeira derrota no segundo turno do Campeonato Brasileiro neste domingo, ao ser superado pelo Atlético Goianiense por 2 a 0, em Florianópolis, pela 26.ª rodada da competição. Os gols dos goianos foram marcados por Fernando e Walter.

+ TEMPO REAL - Confira os lances da partida

+ Grêmio vence Flu e diminui diferença para o líder Corinthians para nove pontos

+ Vitória bate Botafogo de virada, encerra série de rival e respira no Brasileirão

O time catarinense, que fazia uma campanha de recuperação no torneio e estava invicto há sete jogos, voltou a figurar na zona de rebaixamento do Nacional, com 30 pontos. Já o time rubro-negro goiano chegou aos 25 pontos e segue lutando para deixar a lanterna da competição.

Com propostas defensivas, os dois times começaram o jogo se estudando, sem se arriscar ao campo de ataque. A primeira oportunidade foi acontecer apenas aos 30 minutos da etapa inicial.

Marcando a saída de bola, o meia Andrigo aproveitou um cochilo da zaga catarinense para ajeitar de fora de área e bater rasteiro. O goleiro Douglas Friedrich tentou chegar na bola, mas ela tocou na trave esquerda, assustando a torcida.

A resposta do Avaí veio com uma finalização, também de fora da área, do zagueiro Fagner Alemão, que se arriscou ao ataque e bateu no canto direito do goleiro Marcos, na única chance de perigo do time da casa durante todo o primeiro tempo.

O Atlético Goianiense passava mais tempo de posse da bola, mas faltava objetividade para furar a forte marcação do time avaiano. O primeiro tempo terminou sem alterações no placar da partida.

+ Corinthians repete erros, mas consegue empatar com o Cruzeiro no Mineirão

+ São Paulo bate Sport e deixa a zona de rebaixamento após 13 rodadas

+ Confira a tabela do Campeonato Brasileiro

Na segunda etapa, o jogo começou mais movimentado. E os atleticanos abriram o placar com apenas 13 minutos. Capa tenta fazer o corte dentro da grande área, mas chegou atrasado e derrubou Andrigo. Na cobrança do pênalti, Luiz Fernando venceu Douglas Friedrich com uma batida no canto direito. O goleiro saltou para o lado certo, mas a bola passou por debaixo dele.

O gol da equipe visitante fez o Avaí se lançar ao ataque em busca do empate, mas também provocou a abertura de espaços para o adversário, que pouco tempo depois, aos 17 minutos, ampliou o marcador.

Jonathan puxou o contra-ataque, limpou a marcação e deixou com Paulinho. Com apenas um toque, ele deixou para o atacante Walter, que bateu bonito de fora de área, com o pé direito, no canto de Douglas: 2 a 0.

O Avaí seguiu tentando reverter a desvantagem. Em uma oportunidade incrível, talvez o lance mais claro dos catarinenses durante todo o jogo, Willians aproveitou um cochilo goiano e dominou a bola dentro da pequena área, frente a frente com Marcos. Mas o goleiro saiu bem para afastar o perigo. Pouco tempo depois, o mesmo Willians errou um cabeceio debaixo do travessão e selou a primeira derrota catarinense no returno.

Agora, o Atlético Goianiense abrirá a 27.ª rodada do Brasileiro, no próximo dia 11, às 19h30, jogando contra o Atlético Paranaense, na Arena da Baixada, em Curitiba. No mesmo dia, o Avaí recebe o Vasco, na Ressacada, em Florianópolis, às 21h45.

FICHA TÉCNICA:

AVAÍ 0 X 2 ATLÉTICO GOIANIENSE

AVAÍ - Douglas Friedrich; Leandro Silva, Betão, Fagner Alemão e Capa; Judson, Wellington Simião e Pedro Castro (Marquinhos); Juan (Luan Pereira), Joel (Willians) e Júnior Dutra. Técnico: Claudinei Oliveira.

ATLÉTICO-GO - Marcos; Jonathan (Silva), Eduardo Bauermann, William Alves e Bruno Pacheco; Paulinho (André Castro), Ronaldo, Andrigo (Niltinho), Jorginho e Luiz Fernando; Walter. Técnico: João Paulo Sanches.

GOLS - Luiz Fernando, de pênalti, aos 13, e Walter, aos 17 minutos do segundo tempo.

ÁRBITRO - Raphael Claus (SP).

CARTÕES AMARELOS - Judson e Marquinhos (Avaí); Silva e Andrigo (Atlético Goianiense).

RENDA - R$ 149.719,00.

PÚBLICO - 7.872 pessoas.

LOCAL - Estádio da Ressacada, em Florianópolis (SC).

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.