Avaí quer manter o embalo contra o Grêmio

Embalado por duas vitórias seguidas fora de casa - diante de Goiás e Sport, feito que representou sua saída da zona do rebaixamento -, o Avaí terá o Grêmio como adversário nesta quarta-feira, às 19h30, no estádio da Ressacada, em Florianópolis, em jogo da 13.ª rodada do Campeonato Brasileiro.

JÚLIO CASTRO, Agencia Estado

22 de julho de 2009 | 07h19

O esquema tático 3-6-1 - com dois alas avançados e forte marcação no meio de campo -, sistema apontado como responsável pelas recentes conquistas, será novamente adotado pelos catarinenses diante da equipe gaúcha, só que desta vez dentro de seus domínios.

Na 14.ª posição na classificação geral, com 13 pontos, o Avaí não poderá contar com o volante Léo Gago, suspenso. A posição deve ser exercida pelo estreante Fernando Bob. Já recuperado de uma lesão muscular, o meia Marquinhos Santos aparece como outra eventual mudança, mesmo com a excelente atuação de Caio na vitória sobre o Sport, no Recife, no último domingo.

O técnico Silas completou o treino específico ao jogo com os portões do estádio da Ressacada fechados. "Eles devem jogar no 4-4-2 e ainda vamos analisar peça por peça o adversário para ver o que temos a fazer para não sermos surpreendidos", afirmou Silas, recordando o potencial do Grêmio que, na última vez que atuou em Florianópolis, aplicou 7 a 1 no Figueirense, em 24 julho do ano passado.

Tudo o que sabemos sobre:
futebolCampeonato BrasileiroAvaí

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.