Avaí quer vitória em Porto Alegre para fugir da degola

Evitar o rebaixamento a todo custo é a missão do Avaí a partir deste domingo, quando joga diante do Internacional, às 17 horas, no estádio Beira-Rio, em Porto Alegre. A missão passa pela quebra de um tabu: jamais na história dos confrontos diante do time colorado gaúcho, a equipe catarinense conseguiu êxito. Foram seis partidas, com cinco vitórias do Internacional e um empate.

JÚLIO CASTRO, Agência Estado

14 de novembro de 2010 | 08h27

Como se não bastasse, o Avaí tem um dos piores aproveitamentos jogando fora de casa: 15% nos 51 pontos disputados, com uma vitória e cinco empates. O time de Florianópolis é o 18.º colocado na tabela de classificação, com 34 pontos.

A derrota e a eliminação nas quartas de final da Copa Sul-Americana para o Goiás, na última quinta-feira, não tirou o foco do time para o desafio das suas próximas quatro partidas. Pelo menos foi o que disse o zagueiro Emerson. "É o maior desafio de minha carreira e, no que depender de mim, o Avaí seguirá na primeira divisão", comentou o jogador remanescente do grupo que em 2008 participou da campanha do acesso à Série A.

Três vitórias e um empate é a projeção avaiana para permanecer na elite nacional em 2011. Para enfrentar o Internacional, o Avaí não poderá contar com o volante Bruno e o zagueiro Rafael - ambos suspensos. O técnico Vágner Benazzi vai anunciar a equipe apenas momentos antes da partida.

Tudo o que sabemos sobre:
futebolCampeonato BrasileiroAvaí

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.