Avaí só empata e perde chance de ultrapassar Goiás para ser vice-líder da Série B

Com o resultado, a equipe catarinense chega aos 52 pontos na Série B do Campeonato Brasileiro

Estadão Conteúdo

20 Outubro 2018 | 19h14

O Avaí entrou em campo neste sábado com a possibilidade de assumir a vice-liderança da Série B do Campeonato Brasileiro, mas falhou na missão. Em jogo válido pela 32.ª rodada, no estádio da Ressacada, em Florianópolis, ficou no empate por 1 a 1 contra o Oeste após sair na frente do placar e não conseguiu subir na tabela de classificação.

Com o resultado, a equipe catarinense chega aos 52 pontos e se contenta em diminuir para um a diferença em relação ao vice-líder Goiás. O time paulista, por sua vez, chega ao sexto jogo sem derrota ao mesmo tempo em que soma o quarto empate seguido. Com isso, fica na 11.ª colocação, com 42 pontos.

O primeiro tempo foi dominado pelo Avaí, que conseguiu ficar mais tempo com a bola no pé, apesar de mostrar certa dificuldade para achar espaços na defesa adversária. Depois de algumas tentativas catarinenses, o Oeste teve um bom momento nos minutos finais e quase abriu o placar com Mazinho, aos 40 minutos.

O time catarinense não se deixou levar pelo susto e conseguiu balançar a rede antes do intervalo. Aos 45 minutos, Renato ficou com a sobra após cruzamento de Rodrigão e finalizou firme para deixar o time da casa em vantagem no placar.

A diferença, no entanto, foi tirada pelo Oeste logo no início da etapa complementar, aos cinco minutos, quando Conrado tentou cruzar, mas contou com um desvio e viu a bola passar por cima do goleiro Maurício Kozlinski antes de morrer dentro do gol.

Após alguns instantes de abatimento, o Avaí se recompôs e passou a pressionar o time paulista, que manteve a tranquilidade na defesa, mas ainda assim sofreu com lances de perigos. Nos últimos minutos, o jogo ficou mais aberto e os visitantes também criaram oportunidades, mas ninguém balançou a rede.

Antes do apito final, deu tempo para uma polêmica, quando os catarinenses pediram a marcação de um pênalti de Rodrigo Souza sobre Jones Carioca, mas o árbitro gaúcho Daniel Nobre Bins mandou a bola seguir. Segundos depois, ele encerrou a partida debaixo de muitas reclamações.

O Avaí volta a campo às 21h30 da próxima sexta-feira, quando visita o Goiás, no estádio Olímpico Pedro Ludovico, em Goiânia, pela 33.ª rodada. O Oeste, por sua vez, tem um encontro marcado contra o Guarani, às 16h30 do próximo sábado, no estádio Brinco de Ouro da Princesa, em Campinas (SP).

FICHA TÉCNICA

AVAÍ 1 x 1 OESTE

AVAÍ - Maurício Kozlinski; Guga, Airton, Betão e Capa; Judson, Pedro Castro (Daniel Amorim), Renato, Marquinhos (Luanzinho) e Getúlio (Jones Carioca); Rodrigão. Técnico: Geninho.

OESTE - Tadeu; Adriano Alves, Jomar (Raphael Luz), Patrick e Conrado; Lídio, Marciel, Betinho e Mazinho; Marcinho (Rodrigo Souza) e Pedrinho (Felipe). Técnico: Roberto Cavalo.

GOLS - Renato, aos 45 minutos do primeiro tempo; Conrado, aos 5 minutos do segundo tempo.

CARTÕES AMARELOS - Capa, Luanzinho, Pedro Castro e Rodrigão (Avaí); Betinho (Oeste).

ÁRBITRO - Daniel Nobre Bins (RS).

RENDA - R$ 180.046,00.

PÚBLICO - 10.040 pagantes.

LOCAL - Estádio da Ressacada, em Florianópolis (RS).

 

 

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.