Informação para você ler, ouvir, assistir, dialogar e compartilhar!
Estadão Digital
Apenas R$99,90/ano
APENAS R$99,90/ANO APROVEITE

Avaí vence América-MG em casa e garante vaga no G-4 da Série B

Chuva e falta de energia elétrica fizeram o jogo atrasar por meia hora, mas, aparentemente, não prejudicou o time de Florianópolis

Estadão Conteúdo

12 de agosto de 2014 | 23h41

Depois da chuva e a falta de energia elétrica atrasar o jogo por meia hora, o Avaí venceu o América-MG por 2 a 0, nesta terça-feira, no estádio da Ressacada, em Florianópolis, na abertura da 16.ª rodada do Campeonato Brasileiro da Série B. O resultado foi muito importante para o time catarinense, que chegou ao G4, em quarto lugar, com 27 pontos, derrubando o próprio time mineiro para quinto, com 26. Acima aparecem Luverdense, com 27, Vasco, com 28, e Ceará, com 31 pontos.

Uma hora antes do jogo, um forte raio derrubou a energia elétrica em toda a região costeira sul da ilha de Florianópolis. E ameaçou até a realização do confronto. Exatamente às 21h03, a luz voltou e o árbitro carioca Marcelo de Lima Henrique deu mais 15 minutos para os jogadores se aquecerem.

O América-MG, mesmo atuando fora de casa, começou o jogo bem melhor, tocando bem a bola e criando chances reais para abrir o placar. Enquanto Marrone perdia na frente, em um chute cruzado, mandando a bola para fora, aos 13, no minuto seguinte Willians aproveitou o vacilo de Bruno Maia e ficou na frente de Vagner, que fez grande defesa. Aos 15, após escanteio, Andrei Girotto subiu no segundo andar, cabeceou forte e Vagner defendeu.

Mas o futebol é às vezes ingrato. Aos 25 minutos, Diego Felipe marcou para o Avaí. Marquinhos Santos cobrou escanteio com perfeição e o volante subiu bem para testar e no alto. E o time da casa quase ampliou aos 44, em uma falta na frente da grande área, cobrada por Marquinhos. Ele chutou forte e Fernando Leal espalmou.

No segundo tempo, o América-MG voltou no ataque. E transformou o goleiro Vagner no melhor em campo, exigindo, pelo menos, três grandes defesas dele. Em um contra-ataque, o Avaí "matou o jogo". Cléber Santana recuperou a bola na defesa e lançou Anderson Lopes no lado direito. Ele levantou a cabeça e cruzou para Wilien, que tinha entrado no lugar de Roberto. O atacante ajeitou e bateu forte e no canto: 2 a 0, aos 20 minutos.

Os dois times voltam a campo na próxima terça, quando acontecerá a 17.ª rodada completa. O Avaí vai sair diante da Portuguesa, em São Paulo, enquanto que o América-MG vai receber o Luverdense, no estádio Independência, em Belo Horizonte. Ambos jogos começam às 21h50.

FICHA TÉCNICA

AVAÍ 2 x 0 AMÉRICA-MG

AVAÍ - Vagner; Bocão, Pablo, Bruno Maia e Marrone (Júlio César); Eduardo Neto, Diego Felipe, Cléber Santana (Diego Jardel) e Marquinhos Santos; Roberto (Wilien) e Anderson Lopes. Técnico: Geninho.

AMÉRICA-MG - Fernando Leal; Pablo (Magrão), Renato Santos, Vitor Hugo e Gilson; Leandro Guerreiro, Thiago Santos, Andrei Girotto (Bruninho) e Mancini; Willians e Obina (Ricardinho). Técnico: Moacir Júnior.

GOLS - Diego Felipe, aos 25 minutos do primeiro tempo; Wilien, aos 20 minutos do segundo tempo.

CARTÕES AMARELOS - Cléber Santana, Diego Jardel e Diego Felipe (Avaí); Obina, Renato Santos, Mancini, Gilson e Andrei Girotto (América-MG).

ÁRBITRO - Marcelo de Lima Henrique (Fifa/RJ).

RENDA - R$ 20.530,00.

PÚBLICO - 1.963 pagantes.

LOCAL - Estádio da Ressacada, em Florianópolis (SC).

Tudo o que sabemos sobre:
futebolSérie BAvaíAmérica-MG

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.