Avaí vence e Adilson Batista 'balança' no Figueirense

Com o resultado, time alvinegro perdeu a chance de entrar no G4 da Série B

AE, Agência Estado

10 de agosto de 2013 | 18h40

FLORIANÓPOLIS - A experiência fez a diferença no clássico realizado neste sábado à tarde. Marquinhos e Cléber Santana marcaram os três gols que garantiram a vitória do Avaí sobre o Figueirense, por 3 a 1, no Estádio Orlando Scarpelli, pela 14.ª rodada da Série B do Campeonato Brasileiro. Wellington Saci fez o gol de honra do time alvinegro. Balançando no cargo, o técnico Adilson Batista corre o risco de ser demitido após a derrota no confronto.

Sem conseguir embalar uma sequência de bons resultados, o Figueirense perdeu a chance de retornar ao G4 e se encontra na sexta colocação, com 22 pontos. Por outro lado, o Avaí chegou ao quarto jogo sem derrota - três vitórias e um empate - e se distanciou da zona de rebaixamento, chegando aos 19 e saltando para o nono lugar.

Os dois times iniciaram o primeiro tempo cautelosos, mas o Avaí aos poucos foi se soltando e abriu o placar aos 32 minutos. Marquinhos recebeu dentro da área e bateu cruzado, no canto de Neneca. Cinco minutos depois, Cléber Santana aproveitou bola mal tirada pela zaga do Figueirense e pegou a sobra de primeira, sem chances para o goleiro.

Quando a torcida começava a pressionar, o time alvinegro diminuiu aos 46 minutos. Wellington Saci arriscou de longe, a bola desviou na defesa e encobriu o goleiro Diego.

O Figueirense voltou do intervalo em cima do Avaí e por muito pouco não empatou depois da falha de Diego. Ricardinho fez boa jogada individual e bateu cruzado. A bola passou por baixo das pernas do goleiro e ia sobrando livre para Ricardo Bueno, mas Aelson afastou o perigo de carrinho, quase em cima da linha.

Em um lance de gênio, Marquinhos garantiu a vitória aos 36 minutos. Eduardo Costa lançou o meia, que dominou e tocou por cobertura de Neneca. Estava tudo liquidado.

O Figueirense volta a campo na próxima quarta-feira, contra o Guaratinguetá, às 19h30, no Estádio Dario Rodrigues Leite, em Guaratinguetá, pela 15.ª rodada. Um dia antes, na terça-feira, o Avaí recebe o ASA, às 19h30, na Ressacada, em Florianópolis.

FICHA TÉCNICA:

FIGUEIRENSE 1 X 3 AVAÍ

FIGUEIRENSE - Neneca; André Rocha, Bruno Pires, Gutti e Wellington Saci; Nem (Rennan Oliveira), Hildo (Botti), Maylson e Tchô (Ricardinho); Rafael Costa e Ricardo Bueno. Técnico - Adilson Batista.

AVAÍ - Diego; Ricardinho (Vinícius Bovi), Alex Lima, Bruno Maia e Aelson; Rodrigo Thiesen, Eduardo Costa, Cléber Santana, Diego Jardel e Marquinhos (Tauan); Márcio Diogo (Beto). Técnico - Hemerson Maria.

GOLS - Marquinhos, aos 20, Cléber Santana, aos 37, e Wellington Saci, aos 46 minutos do primeiro tempo; Marquinhos, aos 36 minutos do segundo.

ÁRBITRO - Héber Roberto Lopes (SC).

CARTÃO AMARELO - Ricardinho (Avaí).

RENDA - R$ 146.260,00.

PÚBLICO - 8.009 pagantes (8.348 total).

LOCAL - Estádio Orlando Scarpelli, em Florianópolis (SC).

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.