Reprodução Twitter Juventude
Reprodução Twitter Juventude

Avaí vence, embola briga pelo G-4 e amplia jejum do Juventude na Série B

Matheus Barbosa, aos 31 minutos do segundo tempo, fez o único gol da partida

Estadão Conteúdo

21 Agosto 2018 | 21h28

O Avaí embolou ainda mais a briga por vagas no G4 do Campeonato Brasileiro da Série B ao derrotar o Juventude pelo placar de 1 a 0, em partida realizada no Estádio da Ressacada, pela 22ª rodada, nesta terça-feira.

Com o resultado, o clube catarinense completou o seu oitavo jogo sem derrota e já soma 36 pontos, firme na briga pelo acesso. Já o Juventude vive um drama. O time de Caxias do Sul completou o quinto jogo sem marcar gols - o último foi na vitória sobre a Ponte Preta por 1 a 0, no dia 24 de julho, em Araraquara. A luta do clube gaúcho é contra o rebaixamento. O quinto tropeço consecutivo deixou o time com 26 pontos.

Avaí e Juventude fizeram um primeiro tempo morno na Ressacada. O time da casa foi chegar com perigo pela primeira vez apenas aos 17 minutos. Marquinhos recebeu dentro da área e ajeitou com o peito para André Moritz. O meia chutou para grande defesa de Matheus Cavichiolli. A bola por pouco não parou no ângulo.

O mesmo Moritz ameaçou novamente aos 21 minutos. Em um chute de fora da área, Matheus salvou mais uma. O goleiro ainda pegou uma cobrança de escanteio de Marquinhos, que tentou o gol olímpico. Já o Juventude ficou por conta de um arremate de Leandro Lima. O clube de Caxias do Sul chegou a trocar passes no campo ofensivo, mas sem muita criatividade.

O segundo tempo ganhou em emoção. Precisando vencer para voltar ao G4, o Avaí acelerou o passo, mas continuou esbarrando no goleiro Matheus. Em uma dividida do zagueiro Betão no setor ofensivo, a bola sobrou limpa para Marquinhos. O meia chutou para defesa à queima-roupa do camisa 1.

A resposta do Juventude foi imediata. Aos 16 minutos, Aranha foi cortar o escanteio, mas acabou escorregando. A bola ficou com Guilherme Queiroz, que chutou em cima do goleiro. Na sobra, Elias teve o gol limpo, porém chutou pela linha de fundo.

Foi aí que brilhou a estrela de Geninho. O treinador tirou André Moritz e colocou Matheus Barbosa. O volante precisou participar de apenas duas jogadas para decretar o triunfo do time catarinense. Aos 31, Marquinhos cobrou escanteio na cabeça de Matheus, que subiu sozinho para colocar no fundo das redes. Antes do apito final, Rodrigão ainda acertou o travessão.

Na próxima rodada, o Avaí enfrenta o São Bento no sábado, às 16h30, no Estádio Walter Ribeiro, em Sorocaba. No mesmo dia, às 21 horas, o Juventude recebe o Boa no Alfredo Jaconi, em Caxias do Sul.

FICHA TÉCNICA

AVAÍ 1 X 0 JUVENTUDE

AVAÍ - Aranha; Guga, Airton, Betão e Capa; Judson, André Moritz (Matheus Barbosa), Marquinhos (Marquinhos Silva) e Renato; Romulo (Beltrán) e Rodrigão. Técnico: Geninho.

JUVENTUDE - Matehus Cavichioli; Vidal, Micael, Wagner e Maurício (Elias); Diones, Matheus Bertotto, Tony, Leandro Lima (Lucas) e Felipe Mateus (Caio Rangel); Guilherme Queiroz. Técnico: Julinho Camargo.

GOL - Matheus Barbosa, aos 31 minutos do segundo tempo.

ÁRBITRO - Salim Fende Chavez - SP

CARTÃO AMARELO - Vidal (Juventude).

RENDA - R$ 43.724,00.

PÚBLICO - 2.138 torcedores.

LOCAL - Estádio da Ressacada, em Florianópolis (SC).

 

 

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.