Informação para você ler, ouvir, assistir, dialogar e compartilhar!
Tenha acesso ilimitado
por R$0,30/dia!
(no plano anual de R$ 99,90)
R$ 0,30/DIA ASSINAR
No plano anual de R$ 99,90

Avaí vence Marília e assume liderança

O Avaí assumiu a liderança do Grupo B da fase semifinal do Campeonato Brasileiro da Série B ao vencer o Marília por 3 a 1, no Estádio Bento de Abreu, nesta sexta-feira à noite. O resultado tirou do time paulista qualquer chance de classificação, já que está na última colocação do Grupo B, com apenas um ponto. O Avaí, por sua vez, deu um grande passo para ficar com uma das duas vagas, pois chegou aos nove pontos e assumiu a liderança. O Bahia é o segundo, com nove pontos, enquanto o Náutico, com quatro pontos, é o terceiro.Pela má campanha nesta fase e pela chuva, o público foi ruim no estádio em Marília, para assistir ao jogo. Mesmo assim, o time da casa começou jogando ofensivamente, dando a impressão que tomaria conta do jogo. Mas o que aconteceu foi o contrário. Aos nove minutos Edílson cobrou escanteio e o zagueiro Júlio César, no primeiro pau, desviou de cabeça para abrir o placar: 1 a 0 Avaí.Aos 18 minutos Maurílio chegou a marcar após confusão na área, mas o árbitro viu uma falta dele no zagueiro. Aos 30 minutos, porém, o Avaí tornou a surpreender. Em nova cobrança de escanteio, o mesmo Júlio César antecipou à defesa e tocou de calcanhar, num lance muito parecido com o primeiro, para marcar o segundo gol.Com o placar adverso, o Marília desmoronou. E o castigo aumentou três minutos depois, quando Marquinhos Paraná achou Evando na área. O atacante teve tempo de dominar e tocar na saída de Marcelo Cruz. Aos 35, Bruno fez jogada individual e soltou o pé direito para fazer o de honra, pelo menos no primeiro tempo.Frustração era a palavra que melhor definia os jogadores do Marília no intervalo. Já o técnico Luís Carlos Martins poderia ser definido por descontentamento. Sinal disso foi que fez as três alterações, lançando no jogo os três atacantes que tinha no banco - Ricardinho, Anderson Lobão e Welington Amorim.Mesmo com o poder ofensivo revigorado, o Marília não teve forças para reverter o resultado. Chances não faltaram, mas o afobamento falou mais alto em todos os casos. O técnico Roberto Cavalo, mostrando voz firme de comando, armou um esquema defensivo consistente, que conseguiu barrar as principais jogadas dos paulistas. O Marília ainda terminou a competição como ?freguês? do time catarinense. Das três vezes que enfrentou, três derrotas (1 a 0, 1 a 0 e 1 a 3).Na próxima rodada, o Marília recebe o Náutico, dia 23, sábado, enquanto o Avaí vai recepcionar o Bahia, dia 22, sábado.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.