Nabor Goulart/AP
Nabor Goulart/AP

Avaí vira sobre Emelec e avança às quartas de final da Copa Sul-Americana

Equipe catarinense ganha por 3 a 1 em Florianópolis e pega o Goiás na próxima fase da competição

AE, Agência Estado

21 de outubro de 2010 | 22h25

Com uma grande reação, o Avaí derrotou o Emelec por 3 a 1, de virada, nesta quinta-feira, na Ressacada, e avançou às quartas de final da Copa Sul-Americana. O time catarinense precisou mostrar bom poder de recuperação ao marcar três gols em seis minutos no segundo tempo, depois de sair em desvantagem no primeiro minuto de jogo.

Com o resultado, a equipe catarinense reverteu a derrota por 2 a 1 no jogo de ida, na semana passada, no Equador. Na próxima fase, o Avaí fará um confronto brasileiro contra o Goiás, que eliminou o Peñarol na quarta-feira.

Depois de perder o jogo de ida, o Avaí entrou em campo pressionado nesta quinta. Em má fase, precisava de uma vitória simples para avançar na competição e aliviar a pressão pelos resultados negativos do Brasileirão - é o 18.º colocado, dentro da zona de rebaixamento.

Mas o Emelec tratou de complicar a situação dos donos da casa logo no primeiro minuto de jogo. Ayovi escapou pela esquerda e cruzou rasteiro para Rojas mandar para as redes e deixar os visitantes na frente. O resultado obrigava o Avaí a marcar dois gols para levar o confronto para as cobranças de pênalti.

Sem se assustar com o gol sofrido, o Avaí partiu para o ataque em busca da virada. O jogo ganhou em velocidade nos primeiros minutos. A movimentação, contudo, não gerava bons lances de gol. Afobado, o time da casa atacava de forma desorganizada e levava perigo em poucas jogadas.

Na melhor chance do primeiro tempo, Roberto avançou pela esquerda, entrou na área e bateu forte, exigindo boa defesa do goleiro Elizaga, aos 7. No final da etapa, Emerson subiu mais que a defesa e acertou a cabeça, após cobrança de escanteio. Elizaga se esticou para evitar o empate.

Recuado, o Emelec abusava da catimba para paralisar o jogo e atuava somente nos contra-ataques. Em um deles, sofreu falta na entrada da área. Na cobrança, Ayovi encheu o pé e quase surpreendeu o goleiro Zé Carlos, que evitou o segundo gol dos equatorianos.

Mas o Avaí se recuperou na volta do intervalo. E, de forma fulminante, obteve a virada sobre os visitantes. Logo aos 2 minutos, Caio aproveitou saída errada de Elizaga e levantou na área para cabeçada de Roberto, sem marcação, para o fundo das redes.

Três minutos depois, Roberto acertou a trave esquerda do goleiro. Eltinho, livre dentro da área, aproveitou o rebote e completou com tranquilidade para o gol vazio. Na sequência, Emerson subiu mais alto que a defesa, após cobrança de falta, e mandou de cabeça para marcar o terceiro gol dos donos da casa em menos de seis minutos.

A grande virada dos catarinenses assustou o Emelec, que demorou para voltar para o jogo. Como aconteceu com o Avaí no primeiro tempo, o time equatoriano mostrava afobação e pouco ameaçava o gol de Zé Carlos, além de sofrer com a "cera" dos brasileiros. Melhor em campo, o time da casa soube se defender e conseguiu segurar o resultado, garantindo a classificação.

O Avaí enfrentará nas quartas de final o Goiás, próximo adversário também no Brasileirão, domingo, em Goiânia. O primeiro jogo da Sul-Americana será realizado na Ressacada, em Florianópolis, provavelmente na próxima quarta-feira. A partida de volta acontecerá duas semanas depois, no dia 10 de novembro, no Serra Dourada. As datas serão confirmadas pela Conmebol nesta sexta-feira.

Ficha Técnica: Avaí 3 x 1 Emelec

Avaí - Zé Carlos; Marcos (Valber), Emerson Nunes, Emerson, Eltinho; Bruno, Rudnei, Caio, Jéferson; Robinho (Pará) e Roberto (Marcelinho). Técnico: Vágner Benazzi

Emelec - Elizaga; Quiñónez, Gaibor, Achilier (Biglieri); Quiroz, Wila (Torres), Valencia (Jose Quiñonez), Giménez e Fleitas; Rojas e Ayovi. Técnico: Jorge Sampaoli

Gols - Rojas, a 1 minuto do primeiro tempo. Roberto, aos 2, Eltinho, aos 5, e Emerson, aos 8 minutos do segundo tempo

Cartões amarelos - Rudnei, Robinho, Valber, Zé Carlos, Roberto, Bruno, Eltinho, Emerson (Avaí); Gaibor, Elizaga, Fleitas, Achilier, Giménez, Biglieri (Emelec)

Árbitro - Francisco Mondría (CHI)

Local - Estádio da Ressacada, em Florianópolis (SC)

Tudo o que sabemos sobre:
futebolCopa Sul-AmericanaAvaíEmelec

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.