Divulgação/Avaí
Divulgação/Avaí

Avaí x Figueirense tem invasão de campo e chute de Bruno Silva no próprio colega

Clássico no Orlando Scarpelli fica marcado por briga causada por torcedor que quis agredir jogadores

Redação, Estadão Conteúdo

02 de fevereiro de 2020 | 20h10

O clássico entre Figueirense e Avaí, disputado neste domingo, pelo Campeonato Catarinense, ficou marcado por uma enorme confusão, com invasão de campo por torcedores do time alvinegro e uma agressão de Bruno Silva, jogador da equipe celeste. O jogo terminou com a vitória do Avaí, por 2 a 0.

A confusão aconteceu aos 38 minutos do segundo tempo. Bruno Silva provocou torcedores que o xingavam. O volante estava com uma bolsa de gelo no joelho esquerdo, após ser substituído. Revoltado com as provocações, um torcedor invadiu o campo. Antes que ele chegasse ao banco de reservas do Avaí, no entanto, ele acabou derrubado pelo goleiro Glédson com uma rasteira, como um golpe de judô. Com o torcedor no chão, o meio-campista saiu do banco e deu um chute na direção a cabeça do fã do Figueirense. Acabou acertando também o companheiro Gledson.

A polícia chegou para tirar o torcedor agredido do gramado, mas a confusão não acabou. A torcida seguiu tentando invadir o gramado e a confusão acabou sendo generalizada fora do campo. Vidros de separação entre o campo e a arquibancada foram quebrados e torcedores entraram em confronto nas arquibancadas.  

O jogo foi retomado depois de 20 minutos parado. E terminou com a vitória do Avaí por 2 a 0. O chegou aos sete pontos, mesma pontuação do Figueirense.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.