Ayrton diz que revés deve servir de 'lição' ao Palmeiras

O lateral-direito Ayrton, que substituiu Weldinho durante a vexatória goleada por 6 a 2 sofrida diante do Mirassol, na última quarta-feira à noite, fora de casa, ressaltou que a derrota precisará ser encarada como um aprendizado para o elenco palmeirense. O jogador não escondeu abatimento com o revés, mas enfatizou que é preciso focar os próximos desafios do time, que sábado enfrentará o Linense, pelo Paulistão, no Pacaembu, mesmo palco da partida decisiva de terça-feira, contra o Tigre, pela Copa Libertadores.

AE, Agência Estado

28 de março de 2013 | 13h01

"Ninguém está feliz. Perder já é difícil e dessa maneira é pior. Estamos todos envergonhados e temos que tirar uma lição do que aconteceu hoje (quarta) para entrarmos mais ligados no próximo jogo", afirmou Ayrton, admitindo que não estava em condições ideais para ajudar o Palmeiras a ao menos diminuir o placar adverso de 6 a 2, conquistado pelo Mirassol já no primeiro tempo.

"É difícil, já estava seis, mas não pode parar. Tem que ir (seguir lutando) até o juiz apitar. Entrei hoje (quarta) e procurei dar o meu melhor, mas estava sem ritmo de jogo, pois fazia tempo que não atuava. Agora temos que esquecer o mais rápido possível o jogo de hoje, apesar de ser difícil, pois já temos um jogo sábado dentro de casa", projetou.

Na partida contra o Linense, o zagueiro Vilson, recuperado de lesão, deverá voltar ao time depois de ter sido desfalque contra o Mirassol e também no último domingo, no clássico contra o Santos. Ele participou na quarta-feira de uma atividade para os jogadores não relacionados para este último confronto e ficou à disposição para sábado.

Vilson, porém, terá de cumprir suspensão contra o Tigre, na terça-feira, por ter sido expulso no jogo passado contra o rival. Nesta partida, a novidade na equipe poderá ser o volante Souza, recuperado de uma entorse no joelho esquerdo, depois de ter desfalcado a equipe em cinco jogos (cinco pelo Paulistão e um pela Libertadores).

Tudo o que sabemos sobre:
futebolPaulistãoPalmeirasMirassol

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.