Divulgação
Divulgação

Ayrton e Alan Patrick treinam e já viajam para jogo do Flamengo

Ambos não estavam sendo aproveitados no Palmeiras

Estadão Conteúdo

12 de junho de 2015 | 13h33

Novos reforços do Flamengo, o lateral-direito Ayrton e o meia Alan Patrick, que praticamente não vinham sendo aproveitados no Palmeiras, já estão integrados ao elenco dirigido por Cristóvão Borges e podem até estrear neste sábado, no duelo com o Coritiba, pela sétima rodada do Campeonato Brasileiro.

Nesta sexta-feira, eles realizaram o primeiro treinamento ao lado dos novos companheiros e foram apresentados após a atividade. O diretor de futebol do Flamengo, Rodrigo Caetano, avisou que ambos vão viajar para Curitiba, pois devem ser regularizados para o confronto.

"Com a chegada do Cristóvão, mudamos um pouco o planejamento de elenco enxuto. Trouxemos eles (Alan Patrick e Ayrton) com a ideia de qualificar o elenco. Viajam hoje para o jogo. Estamos tentando regularizá-los a tempo", afirmou o dirigente.

Na expectativa de fazer a sua estreia pelo Flamengo, Alan Patrick destacou a felicidade de defender o clube de Zico. "Estou motivado, feliz. Espero estrear logo e levar o Flamengo às vitórias. Jogo na posição em que precisarem de mim. É uma honra vestir esta camisa, no clube do Zico, meu ídolo. A torcida abraça o time, é a maior do Brasil. Sei da responsabilidade de estar aqui", disse o meia.

Ayrton, por sua vez, garantiu estar ponto para entrar em campo pelo Flamengo e ajudar o time a deixar a zona de rebaixamento do Brasileirão. "Vim para ajudar o Flamengo. Estou muito feliz de estar aqui. Estou à disposição do treinador e focado em ajudar o time", afirmou.

Enquanto o elenco treinava, o meia Lucas Mugni, em recuperação de uma caxumba, trabalhou com o preparador físico Marcelo Martorelli. Já o meia-atacante Almir iniciou trabalhos de fisioterapia após sofrer lesão no cotovelo em 28 de maio, durante duelo com o Náutico pela Copa do Brasil.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.