Azerbaijão demite Carlos Alberto Torres

O técnico brasileiro Carlos Alberto Torres foi demitido do comando da seleção do Azerbaijão, nesta terça-feira, depois de mais um resultado negativo nas Eliminatórias para a Copa de 2006 - derrota em casa para a Polônia, por 3 a 0, no sábado.O Azerbaijão está na lanterna do grupo 6 das Eliminatórias Européias, com apenas 2 pontos ganhos em 7 jogos disputados. Faltam mais 3 partidas e o país não tem chances de ir à Copa do Mundo de 2006.No último jogo, contra a Polônia, Carlos Alberto Torres foi expulso de campo, após discutir com o árbitro reserva. E isso irritou os dirigentes locais, dificultando sua permanência no cargo.?Sentimos que Carlos Alberto Torres não era mais capaz de cumprir seu trabalho de melhorar a qualidade do nosso time. Ele tinha prometido conquistar 10 pontos nas Eliminatórias. Temos apenas dois e é difícil imaginar que conseguiremos chegar lá?, afirmou o porta-voz da Federação do Azerbaijão.Capitão da seleção brasileira que foi tricampeã na Copa de 70, Carlos Alberto Torres tinha revonado por mais 1 ano, em fevereiro passado, o seu contrato com a Federação do Azerbaijão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.