Bahia anuncia a efetivação do interino Charles Fabian até o fim do ano

Após anunciar a demissão do técnico Sérgio Soares depois do empate sem gols com o Paysandu na terça, a diretoria do Bahia agiu rápido e encontrou uma solução caseira para o problema. Charles Fabian, membro fixo da comissão técnica, foi efetivado nesta quarta, menos de 24 horas depois da saída de Soares, e vai comandar o time até o final da Série B do Campeonato Brasileiro.

Estadão Conteúdo

07 de outubro de 2015 | 18h25

A cúpula baiana se reunião no começo desta tarde e, diante da escassez de opções no mercado, preferiu optar por uma alternativa mais barata. Não será a primeira vez que o ex-interino assume o Bahia. Com a missão ingrata de deixar o Bahia na elite, Charles Fabian comandou o time ano passado, depois da saída de Gilson Kleina. Na ocasião, era o vice-lanterna, com 31 pontos e, faltando cinco rodadas, Fabian conquistou duas vitórias e perdeu três vezes.

Agora, a missão também não é das mais fáceis para o treinador. Restando oito jogos para o fim da Série B, o Bahia ocupa a sexta colocação e tem os mesmos 48 pontos do Santa Cruz, último a integrar o G4, mas leva a pior por ter duas vitórias a menos.

Com a contratação de Sérgio Soares, Charles voltou à função de auxiliar técnico nesta temporada e ainda ganhou a chance de fazer um intercâmbio na Alemanha. Na Europa, acompanhou os treinos do Bayern de Munique e do Borussia Mönchengladbach. No Brasil, participou de um curso de aperfeiçoamento de treinadores promovido pela CBF, no Rio de Janeiro.

Se ano passado ele teve cinco jogos para manter o Bahia na elite, agora terá oito para levá-lo de volta à Série A. Das oito partidas que restam na competição, quatro serão em casa (Criciúma, Santa Cruz, ABC e Atlético-GO) e quatro fora (Oeste, Botafogo, Boa Esporte e Náutico). O primeiro desafio da segunda passagem de Charles pelo Bahia é apenas no dia 17, sábado, diante do Oeste, no José Liberatti, pela 31ª rodada.

Tudo o que sabemos sobre:
futebolBahiaCharles Fabian

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.