Bahia derrota a Ponte por 1 a 0

O Bahia deu um passo importante para fugir da zona do rebaixamento, ao vencer a Ponte Preta, por 1 a 0, nesta quinta-feira à noite, no estádio da Fonte Nova, em Salvador. Os baianos, agora, têm 43 pontos, deixando a incômoda penúltima posição, enquanto os paulistas continuam com 45 pontos, em vigésimo lugar. O gol da vitória foi marcado por Didi aos 25 minutos do segundo tempo. O tricolor baiano quebrou o jejum de cinco jogos sem vitória, enquanto a Ponte atingiu a marca de cinco jogos sem vitória. A torcida baiana atendeu a convocação da diretoria e marcou presença nas arquibancadas. Só que em campo o time mostrou muita fragilidade, sendo presa fácil ao sistema de marcação da Ponte Preta. No primeiro tempo, o Bahia criou apenas duas chances reais. A primeira aos cinco minutos, quando Preto lançou Nonato que apareceu na frente do goleiro Lauro, que mandou para escanteio. A segunda aos 44 minutos, com um chute de Preto da entrada da grande área, que Lauro defendeu com as pernas. Ao final do primeiro tempo, o técnico da Ponte, Abel Braga, exagerou na sua análise sobre o desempenho do time. ?Foi ridículo. Parecia que estava disputando um amistoso.? Uma forte chuva caiu no intervalo. Os times voltaram para campo sem mudanças. A Ponte já tinha sido obrigada a fazer uma troca aos 20 minutos, quando o zagueiro Gerson recebeu uma pancada no joelho desferida maldosamente por Preto, que recebeu o cartão amarelo. Após a bronca do técnico, a Ponte voltou mais agressiva no segundo tempo. Só que foi o Bahia que criou duas boas chances com Didi, aos cinco e aos seis minutos. Aos 15 minutos, quase Rodrigo marcou contra quando tentou desviar o cruzamento de Preto e tocou contra seu gol. Lauro, atento, colocou para escanteio. Só que o goleiro falhou aos 25 minutos, quando na reposição de bola atingiu as pernas de Rodrigo, que estava de costas. A bola sobrou livre para Didi, que carregou a bola e desviou na saída do goleiro: 1 a 0 Bahia. A Ponte tentou reagir, mas sem sucesso diante do Bahia, cauteloso e satisfeito com a vitória alentadora na sua luta para fugir do rebaixamento. No domingo, a Ponte Preta volta a atuar em casa diante do vice-líder Santos. O Bahia atuará no ABC paulista contra o São Caetano.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.