Bahia derruba o Botafogo e aumenta distância do time carioca do G-4

Time de Salvador soma preciosos pontos em sua luta para não ser rebaixado no Brasileirão

HELIANA FRAZÃO, Agência Estado

30 de setembro de 2012 | 18h33

Sem perder do Botafogo há doze anos, o Bahia manteve a escrita neste domingo ao vencer o rival carioca por 2 a 0, no Estádio de Pituaçu, em Salvador, em partida válida 27.ª rodada do Campeonato Brasileiro. O resultado é péssimo para o Botafogo, que antes comemorava a marca de seis jogos sem perder e agora acumula quatro partidas sem ganhar. Com isso, o time carioca estaciona nos 40 pontos, distante sete pontos do Vasco e, consequentemente, do G-4, seu grande objetivo.

Com esse resultado positivo, o Bahia chegou ao seu 34º ponto, no 12.º lugar, abrindo sete de folga sobre o Sport, o primeiro time dentro da zona de rebaixamento. O time de Salvador respira mais aliviado e vai escapando da zona da degola.

O JOGO

Aos 18 minutos do primeiro tempo, Neto cobrou escanteio, Fahel cabeceou e abriu o placar para o time da casa. O segundo gol aconteceu aos 40 minutos da segunda etapa, com autoria de Hélder, ao receber a bola de Kleberson. O Bahia manteve a dinâmica em campo, com domínio da partida, desde a primeira etapa do jogo. O mesmo desempenho se observou no segundo tempo. Aos 15, o Bahia por muito pouco não ampliou o placar. Depois de grande jogada de Elias, Lulinha ajeitou para Gabriel, que arriscou da entrada da área, mas a bola passou direto ao lado da trave de Jefferson.

Aos 33 minutos, o Bahia voltou a levar perigo ao gol do Botafogo. Elias avançou pela esquerda, tentando chute ao gol, mas Fábio Ferreira afastou a bola.

FICHA TÉCNICA

BAHIA 2 X 0 BOTAFOGO

BAHIA - Marcelo Lomba; Neto, Danny Morais, Titi e Jussandro; Fahel (Fabinho), Diones e Hélder; Zé Roberto (Lulinha), Gabriel e Elias (Cláudio Pitbull). Técnico - Jorginho.

BOTAFOGO - Jefferson; Lucas, Fábio Ferreira, Dória e Márcio Azevedo; Gabriel, Jadson (Vitor Junior), Seedorf (Bruno Mendes), Andrezinho e Fellype Gabriel (Cleberson); Elkeson. Técnico: Oswaldo de Oliveira.

GOLS - Fahel, aos 18 minutos do primeiro tempo, e Hélder, aos 40 minutos do segundo.

ÁRBITRO - Heber Roberto Lopes (PR).

CARTÕES AMARELOS - Fábio Ferreira e Titi.

RENDA - R$ 512.715,00.

PÚBLICO - 22.708 pessoas.

LOCAL - Estádio de Pituaçu, em Salvador.

Tudo o que sabemos sobre:
futebolEC BahiaBotafogoBrasileirão

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.