Bahia deve manter esquema com 3 na zaga no Maracanã

Apesar dos três gols sofridos na derrota em casa para o Cruzeiro (por 3 a 1), na última quarta-feira, o técnico Cristóvão Borges deve manter o time do Bahia com o esquema tático com três zagueiros. Dessa vez, o desafio é contra o Fluminense, neste sábado, a partir das 18h30, no Maracanã, pela 19ª rodada do Brasileirão.

TIAGO DÉCIMO, Agência Estado

07 de setembro de 2013 | 09h33

O treinador disse ainda não ter definido o time titular, alegando esperar a escalação do Fluminense para decidir quais jogadores começam o jogo, mas o treino de sexta-feira indicou que o esquema 3-5-2 deve ser mantido. E que, além de três zagueiros, o Bahia pode ter três volantes.

"Algumas coisas não funcionaram (contra o Cruzeiro), mas também aconteceram coisas boas", disse Cristóvão Borges, indicando que deve manter o esquema tático diante do Fluminense.

Bem avaliado na partida de quarta-feira, o meia Wiliam Barbio pode receber a chance como titular, na vaga de Marquinhos Gabriel, que sentiu uma lesão e foi vetado pelos médicos. Outro que não joga é o volante Rafael Miranda, também contundido. Em seu lugar, deve entrar Feijão.

Tudo o que sabemos sobre:
futebolBrasileirãoBahia

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.