Bahia e São Caetano empatam sem gols

Bahia e São Caetano empataram, por 0 a 0, nesta quarta-feira à noite na Fonte Nova numa partida feia, jogada predominantemente no meio-de-campo, cheia de faltas e passes errados. O esquema do time paulista, de não deixar o adversário jogar deu resultado mais uma vez. O São Caetano soma agora 27 pontos, enquanto o Bahia chegou aos 23. Os dois goleiros assistiram à partida sem qualquer trabalho no primeiro tempo diante da dificuldade dos ataques se aproximarem das metas em função do excessivo povoamento do meio-de-campo. O Bahia caiu na armadilha do técnico Mário Sérgio do São Caetano de marcação dura, homem a homem, reduzindo os espaços. Como os jogadores do time baiano procuravam conduzir a bola ao invés de tentar os toques rápidos, foram totalmente dominados pelos adversários. O resultado disso foi que o Bahia conseguiu dar apenas um chute em direção ao gol de Silvio Luiz, através de Danilo aos 38 de jogo mesmo assim a longa distância e sem perigo. No final do primeiro tempo enquanto o técnico Evaristo de Macedo admitia estar "difícil vencer", Mário Sergio saía satisfeito com o rendimento do time. Uma chance perdida logo aos 2 minutos do segundo tempo por Nonato que, na linha penal, apenas resvalou de cabeça uma bola cruzada, animou os torcedores do Bahia. Aos 11, quase que o placar é aberto por um dos times. O São Caetano armou um bom ataque que Marcinho de cara com Émerson desperdiçou. No contra-ataque o Bahia avançou pela direita por meio de lateral Fabiano que cruzou forte, Silvio Luiz defendeu parcialmente e a bola sobrou livre para Danilo na área que chutou por cima da meta. O Bahia melhorou, chegou a pressionar muito o São Caetano, parecia que iria fazer o primeiro gol, mas o meia Preto jogou contra sua equipe: foi expulso por jogo violento aos 29, deixando o Bahia com um jogador a menos. O São Cateano se animou, arriscando-se mais no ataque e Matheus quase marcou aos 41. Contudo a equipe paulista parecia conformada com mais um empate, o que por pouco não acontece, pois aos 47, Nonato livre tentou colocar por cobertura mas Silvio Luiz garantiu o 0 a 0.

Agencia Estado,

16 de julho de 2003 | 22h43

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.