Bahia empata com Náutico por 1 a 1 e ainda corre risco de cair no Brasileirão

Resultado foi ótimo para o time pernambucano, que acabou com qualquer risco de rebaixamento

Heliana Frazão, Agência Estado

25 de novembro de 2012 | 19h25

SALVADOR - Bahia e Náutico empataram por 1 a 1, na tarde deste domingo, no Estádio de Pituaçu, em Salvador, pela 37ª rodada do Brasileirão. O resultado foi ótimo para o time pernambucano, que acabou com qualquer risco de rebaixamento. Do outro lado, a equipe baiana ainda sofre ameaça de cair para a segunda divisão.

O resultado deste domingo levou o Bahia aos 44 pontos, ainda com três de vantagem sobre o Sport, o primeiro dentro da zona de rebaixamento. Assim, o time baiano depende de um empate contra o já rebaixado Atlético-GO, no próximo domingo, em Goiânia, para se salvar. Já o Náutico, com 46 pontos, está livre.

A torcida baiana compareceu em peso ao estádio neste domingo, tentando empurrar a equipe para fugir do rebaixamento, mas deixou Pituaçu desapontada. O Bahia bem que pressionou para conseguir a vitória que o livraria definitivamente de qualquer risco, mas o Náutico soube segurar o empate que lhe interessava.

No primeiro tempo, o Bahia esteve mais perto do gol, mas errou muito e não conseguiu abriu o placar. Na segunda etapa, os donos da casa voltaram mais agressivos e chegaram ao gol logo aos quatro minutos, no pênalti sofrido por Jussandro. Gabriel cobrou com categoria e fez 1 a 0, para euforia da torcida no estádio.

Mas o Náutico, mesmo fora de casa, teve forças para buscar o empate. Em lance já aos 33 minutos, o volante Souza cruzou para Dimba cabecear para o gol. Depois disso, o Bahia foi atrás da vitória na base do desespero, sem sucesso. Assim, a luta contra o rebaixamento vai continuar até a 38ª e última rodada.

BAHIA 1 X 1 NÁUTICO

BAHIA - Marcelo Lomba; Fabinho, Lucas Fonseca, Titi e Jussandro; Diones (Kleberson), Fahel, Hélder e Zé Roberto (Victor Lemos); Gabriel e Souza (Elias). Técnico: Jorginho.

NÁUTICO - Felipe; Patric (Dimba), Jean Rolt (Ronaldo Alves), Alemão e Douglas Santos; Josa, Souza, Martinez (Alison) e Araújo; Kim e Rogério. Técnico: Alexandre Gallo.

GOLS - Gabriel (pênalti), aos 4, e Dimba, aos 33 minutos do segundo tempo.

ÁRBITRO - Péricles Bassols Pegado Cortez (RJ).

CARTÕES AMARELOS - Fabinho e Lucas Fonseca (Bahia); Rogério, Josa e Alison (Náutico).

RENDA E PÚBLICO - Não disponíveis.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.