Felipe Oliveira/Bahia
Felipe Oliveira/Bahia

Bahia encara o Cruzeiro para alcançar a melhor posição nos pontos corridos

Em 11.º lugar com 47 pontos, time baiano pode atingir exatamente os mesmos 50 pontos de 2017, mas pode ficar ao menos uma posição acima

Estadão Conteúdo

02 Dezembro 2018 | 14h38

Com vaga garantida na Copa Sul-Americana de 2019, o Bahia chega à 38.ª e última rodada do Campeonato Brasileiro com um último objetivo. Uma vitória sobre o Cruzeiro, em duelo marcado para as 17 horas (de Brasília) deste domingo, no estádio de Pitauçu, em Salvador, garante ao time baiano a sua melhor posição na era dos pontos corridos. Até agora, a 12.ª colocação conquistada na temporada passada, com 50 pontos, foi o auge no atual modelo de disputa.

Em 11.º lugar com 47 pontos, o Bahia pode atingir exatamente os mesmos 50 pontos que somou em 2017, mas com a chance de ficar ao menos uma posição acima. O único time que pode ultrapassá-lo é o Corinthians, 12.º colocado com 44, que vai enfrentar o Grêmio, em Porto Alegre.

Existe uma remota possibilidade de terminar em 10.º lugar, posição ocupada pelo Santos, com 50 pontos. Neste caso, no entanto, o time do técnico Enderson Moreira precisaria de uma derrota santista contra o Sport, no Recife, e ainda tirar uma diferença de -2 a 7 no saldo de gols.

Apesar de pregar foco no objetivo final, o clube já está pensando em 2019 e não perdeu tempo em renovar o contrato de Enderson Moreira. Com o vínculo garantido, o treinador trabalhou com mais tranquilidade nos últimos dias. Ele não confirmou o time que vai a campo, mas algumas mudanças são certas. Se o treinador fica, quem vai embora é Zé Rafael, que foi anunciado como reforço do Palmeiras, mas confirmado entre os titulares para se despedir.

Punido com dois jogos de suspensão pela expulsão na partida contra o Vasco, pela 26.ª rodada, o goleiro Douglas Friederich teve recurso negado no Superior Tribunal de Justiça Desportiva (STJD), na última quinta-feira, e está fora do jogo. Anderson vai ficar com a vaga. Também estão de fora o zagueiro Tiago e o volante Gregore, ambos suspensos. Com isso, Douglas Grolli deve entrar na defesa, enquanto que Flávio e Nilton brigam pela vaga na contenção do meio de campo.

O atacante Élber, o lateral-direito Nino Paraíba e o meia Marco Antônio seguem em tratamento no departamento médico.

 

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.