Eduardo Martins/A Tarde
Eduardo Martins/A Tarde

Bahia ganha da Ponte Preta e fica bem perto de escapar da queda

Equipe joga mal, mas faz 1 a 0 e agora precisa de apenas mais uma vitória para se garantir na Série A

O Estado de S. Paulo

18 de novembro de 2012 | 16h00

SALVADOR -  O Bahia tentou muito e, aos 36 minutos do segundo tempo, conseguiu abrir o placar vencendo a Ponte Preta por 1 a 0, na tarde desde domingo, no estádio de Pituaçu, em Salvador, pela 36ª Rodada do Brasileirão. Neto recebeu de Helder e colocou no canto direito de Edson Bastos, levantando a torcida tricolor. "Não deu pela qualidade, mas deu pela raça", definiu Souza ao final do jogo, em meio a muita comemoração.

Com o resultado, o Bahia viu se reduzirem as chances de rebaixamento. A equipe tricolor tem 43 pontos, três à frente da Portuguesa e a seis do Sport, que ainda jogam neste domingo contra Grêmio e Botafogo, respectivamente. A certeza é que o time baiano não perde mais posição para o Palmeiras, que tem 34 pontos.

Em Pituaçu, a Ponte mostrou superioridade e mandou no primeiro tempo, preocupando a torcida baiana, que ficou impaciente diante da apatia demonstrada pela equipe tricolor.

Aos 14 minutos do segundo tempo, por muito pouco Cicinho não inaugurou o placar ao receber lançamento na área e bater, passando muito perto do gol. Logo em seguida o Bahia despertou, criando oportunidades e avançando rumo ao ataque.

Num grande momento, Neto cruzou para Fahel, que completou de cabeça, mas Edson Bastos espalmou para escanteio. Aos 28 minutos, Souza recebeu de Diones, dominou fora da área e arriscou em grande chute, mas Edson Bastos defendeu outra vez. As tentativas de gol do Bahia se seguiram após o gol de Neto, até o momento em que o juiz determinou o fim da partida.

No próximo domingo, a equipe comandada por Jorginho vai encarar o Náutico, também dentro de casa. Já a Ponte Preta, com 46 pontos, caiu para o 12.º lugar e na próxima rodada recebe o São Paulo em Campinas, onde acumula quatro vitórias seguidas.

BAHIA 1 X 0 PONTE PRETA

BAHIA -  Marcelo Lomba; Neto, Fabinho, Alysson e Romário (Vitor Ramos); Fahel, Diones e Hélder; Gabriel (Kleberson); Jones Carioca (Zé Roberto) e Souza. Técnico - Jorginho.

PONTE PRETA - Edson Bastos; Cicinho, Cléber, Ferron e João Paulo; Baraka, Wendel Santos, Renê Júnior e Nikão (Marcinho); Luan (Rossi) e Roger (Giancarlo). Técnico - Guto Ferreira.

Gol - Neto, aos 35 minutos do segundo tempo.

Árbitro - Héber Roberto Lopes (PR).

Cartão amarelo - Hélder, Ferron, Cléber, Alysson, Wendel Santos, Neto

Público - 24.004 pagantes.

Local - Estádio de Pituaçu, em Salvador.

------------------------------------------- 

TEMPO REAL DA PARTIDA

SEGUNDO TEMPO

47 min - Fim de jogo em Salvador.

45 min - Serão dois minutos de acréscimos.

44 min - Cartão amarelo para Souza por simular pênalti.

43 min - Hélder exige outra grande defesa de Edson Bastos, em cabeçada na pequena área.

43 min - Torcida do Bahia faz bela festa.

40 min - Substituição no Bahia. Entra Vitor Ramos no lugar de Romário.

38 min - Substituição no Bahia. Entra Kleberson no lugar de Gabriel.

37 min - Ponte chega com perigo e Rossi perde a chance do empate.

36 min - Substituição na Ponte Preta. Entra Giancarlo no lugar de Roger.

35 min - GOOOOOOOLLLLLLLLL, do Bahia. Diones cruza, Hélder toca para Neto, que abre o placar no Pituaçu.

32 min - Diones bate de fora da área e bola mais uma vez desvia na defesa.

30 min - Substituição na Ponte Preta. Entra Marcinho no lugar de Nikão.

28 min - Milagres. Souza fica cara a cara e chuta em cima de Edson Bastos. Zé Roberto pega o rebote e também para no goleiro da Ponte Preta.

26 min - Subsituição na Ponte Preta. Entra Rossi no lugar de Luan.

25 min - Neto chuta de fora da área e erra outra finalização.

24 min - 24.004 pagantes em Pituaçu.

21 min - Cartão amarelo para Neto. Lateral estava pendurado e não enfrenta o Náutico.

21 min - Neto cobra falta e Edson Bastos salva outra.

20 min - Cartão amarelo para Wendel Santos.

19 min - Bahia perde boa chance. Zé Roberto toca para Hélder que chuta em cima de Ferron.

17 min - Neto cruza para Fahel cabecear e exigir grande defesa de Edson Bastos. 

14 min - Cicinho perde chance incrível. Lateral pasa por Marcelo Lomba e bate. Bola corre a linha do gol e sai.

12 min - Bahia não consegue trocar quatro passes.

8 min - Torcida tenta inflamar o time. E começa a gritar forte.

6 min - Panorama da partida não se altera. O Bahia não chega.

3 min - Cartão amarelo para Alysson.

2 min - Entrada de Zé Roberto é para tentar ganhar o meio de campo. Bahia teve apenas 39% de posse de bola na etapa inicial e chegou só duas vezes. Na competição, time é o segundo pior mandante, com apenas quatro vitórias em Salvador. 

1 min - Fahel recebe, ajeita e chuta o vento. Que feio.

0 min - Começa a segunda etapa.

Substituição no Bahia - Entra Zé Roberto no lugar de Jones Carioca

Nikão - "Infelizmente as jogadas que a gente criou, não acertamos no gol. Temos de voltar melhor e tentar matar o jogo. Falta um pouco de atenção para fazer o gol."

Fabinho - "Eles estão dando espaços para a gente, precisamos de mais ousadia, da jogada individual, ir para cima."

PRIMEIRO TEMPO

47 min - Fim de primeiro tempo. E vaias para o Bahia

46 min - NIkão toca para Baraka, que chuta pelo alto.

45 min - Cartão amarelo para Cléber. Fez falta dura em Souza.

45 min - Serão dois minutos de acréscimos. 

43 min - Domínio da Ponte Preta é refetido nas finalizações: oito contra duas dos baianos.

41 min - Nova saída errada de jogo do Bahia. Bola sobra para Roger, que se enrola.

39 min - Luan quase abre o placar. Atacante solta a bomba e exige defesa em dois tempos de Lomba.

38 min - Cartão amarelo para Ferron.

37 min - É a vez de Luan perder boa chance. Ele recebe livre e bate cruzado, para fora.

36 min - Fabinho sai jogando errado, bola sobra para Roger que bate quase do meio-campo. Bola passa assustando o adiantado Marcelo Lomba.

35 min - Neto cobra em cima da barreira e sai reclamando.

34 min - Falta perigosa, na entrada da área, para o Bahia. Baraka derruba Gabriel.

32 min - Cartão amarelo para Hélder. Logo após criar boa chance, jogador faz falta no meio, reclama da arbitragem e é advertido.

32 min - Primeiro lance de perigo do Bahia. Hélder, em chute do longa distância, exige boa defesa de Edson Bastos.

31 min - Jorginho aproveita a bola parada para orientar seus jogadores. Equipe ainda não chegou ao ataque.

30 min - Nikão tromba com jogador do Bahia e cai. Médicos em campo.

27 min - Ponte Preta busca seus primeiros pontos longe de casa sob o comando de Guto Ferreira. Até então, são cinco derrotas sob o comando do treinador, que renovou contrato até dezembro de 2013.

25 min - Que perigo. Nikão cruza e Ferron perde grande chance, de cabeça.

24 min - Clima esquenta dentro de campo. Cléber e Fahel batem boca dentro da área.

23 min - Metade da primeira etapa e nenhum lance de perigo do Bahia.

19 min - Falta dura de Neto em Luan. Lateral levanta muito o pé e acerta a barriga do atacante.

17 min - Bahia marca muito, mas não consegue chegar ao ataque.

14 min - Bola parada para atendimento ao volante Renê Júnior.

13 min - Bahia ainda não fez valer a força de sua torcida, apelando apenas para chuveirinhos.

11 min - Nas contas dos baianos, equipe escapa do rebaixamento se ganhar os dois jogos seguidos em casa, diante da Ponte Preta e contra o Náutico, no próximo domingo.

9 min - Bahia insiste em cruzamentos para a área. Todos foram nas mãos do goleiro Edson Bastos.

7 min - Postura ofensiva da Ponte Preta tem explicação: clube ainda tem um pequeno risco de rebaixamento. 

6 min - Luan bate de fora da área, nas mãos de Marcelo Lomba.

5 min - Torcida faz bela festa empurrando o Bahia, mas campineiros continuam no campo de ataque.

3 min - Ponte Preta começa em cima do Bahia.

1 min - Antes de a bola rolar, foi prestado um minuto de silêncio ao ex-atacante Alex Alves, que morreu durante a semana.

0 min - Bola rolando no Pituaçu.

Pré-jogo - Na Ponte Preta o atacante Luan volta após cumprir suspensão e forma a dupla de ataque com Roger.

Pré-jogo - Bahia entra com problemas na defesa. Volante Fabinho jogará improvisado na defesa e o jovem Romário, que jogou apenas duas vezes na competição, será o lateral-esquerdo.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.