Twitter/EC Bahia
Twitter/EC Bahia

Bahia goleia Londrina e encaminha vaga nas oitavas de final da Copa do Brasil

Time baiano faz 4 a 0 na Arena Fonte Nova e quebra tabu de 15 anos contra time paranaense

Redação, Estadão Conteúdo

18 de abril de 2019 | 22h22

Com bela atuação de Nino Paraíba, o Bahia goleou o Londrina por 4 a 0 na noite desta quinta-feira, na Arena Fonte Nova, em Salvador, e encaminhou a vaga para as oitavas de final da Copa do Brasil. E clube baiano aproveitou este confronto para colocar um ponto final em um tabu que já durava 15 anos. O último triunfo do clube tricolor diante da equipe paranaense havia acontecido na Série B do Campeonato Brasileiro de 2004.

Com o resultado, o Londrina terá de vencer por cinco gols de diferença para avançar à próxima fase no confronto que será realizado na próxima quinta, no estádio do Café, a partir das 19h15. Caso consiga um 4 a 0 ou um triunfo por esta mesma margem de gols, a decisão da vaga será nas cobranças por pênaltis. Além da vaga, o vencedor levará uma premiação de R$ 2,4 milhões.

O Bahia fez uma de suas melhores apresentações durante o primeiro tempo. O time nordestino não demorou a envolver o Londrina e usou os 45 minutos iniciais para encaminhar a classificação da equipe. O primeiro gol saiu aos 24 minutos. Após disputa de Gilberto, a bola sobrou para Artur. O atacante deu belo passe para Arthur Caíke tocar na saída do goleiro Matheus Albino.

O Londrina, que apostou no talento de Dagoberto para tentar surpreender, foi bem marcado pelo clube baiano e viu seus pontos fortes serem anulados. Com o gol, deu ainda mais espaço ao adversário, que aproveitou. Aos 28 minutos, Nino Paraíba recuperou a bola no campo de defesa, arrancou, acionou Gilberto e recebeu de volta, dentro da área, para chutar no fundo das redes.

A situação do Londrina, que já era ruim, piorou aos 39 minutos, quando Paulinho Moccelin fez falta dura em Gilberto, deixando também o braço no rosto do atacante, e acabou expulso. Com dez jogadores, o clube paraense teve de se fechar, a fim de não sair com um prejuízo ainda maior de Salvador.

No segundo tempo, o Bahia voltou pressionando e ficou perto de fazer o terceiro aos cinco minutos. Artur avançou pela direita e tocou para Ramires. De letra, ele jogou para Arthur Caíque, que buscou o ângulo, mas jogou pela linha de fundo. Depois de tanto se segurar, o Londrina conseguiu respondeu com Augusto. O zagueiro aproveitou a cobrança de falta de Luquinha e mandou por cima do gol.

Mas o Bahia acabou se aproveitando da superioridade numérica para fazer o terceiro. Aos 31 minutos, Nino Paraíba disparou pela direita e cruzou na medida para Artur. O atacante, ex-Palmeiras, subiu e cabeça para ampliar.

E ainda deu tempo de Fernandão dar números finais ao duelo. Aos 46 minutos, Artur cobrou escanteio na medida para o atacante, que testou firme para o gol. O Londrina tentou uma última investida ofensiva no fim, mas não conseguiu diminuir a grande vantagem construída pela equipe tricolor.

Apesar da vitória, o Bahia segue atrás do Londrina no histórico dos duelos entre os clubes. Agora, são duas vitórias para a equipe nordestina, três do clube paranaense, além de um empate.

Notícias relacionadas

    Encontrou algum erro? Entre em contato

    Tendências:

    O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.