Bahia mira apoio da torcida para segurar Chapecoense e chegar à Copa Libertadores

Time baiano precisa da vitória para se manter com chances de chegar ao G7

Estadao Conteudo

26 Novembro 2017 | 08h26

Em sua última partida em casa pelo Campeonato Brasileiro, o Bahia aposta no apoio da torcida para o complicado duelo diante da Chapecoense neste domingo, às 19 horas (de Brasília), na Arena Fonte Nova, em Salvador, pela 37.ª e penúltima rodada da competição.

+ Desfalcado, São Paulo ainda sonha com Libertadores em duelo contra o Coritiba

Derrotado na última partida pelo Sport por 1 a 0, o Bahia encara um adversário que está invicto há oito jogos no Brasileirão. Décimo colocado com 49 pontos, apenas um na frente do adversário, o time baiano precisa quebrar essa série para se manter com chances de chegar ao G7 - grupo dos sete primeiros que garante vaga na Copa Libertadores - sem depender de outros resultados.

"A gente sabe que quando a torcida lota, apoia", destacou o volante Renê Júnior. "Vamos fazer valer o mando de campo. Estamos focados, é um confronto direto. É um confronto, a gente sabe que muito da nossa pretensão no final do campeonato passa por esse jogo. E é um adversário que vem em uma sequência boa, mas dentro de casa temos que nos impor como nos outros jogos e depois ir para São Paulo (enfrentar o São Paulo) buscar mais três pontos".

Depois de cumprir suspensão, Renê Júnior será a única mudança no time titular. Entra no lugar de Juninho, vetado por conta de um estiramento. O zagueiro Lucas Fonseca também segue se recuperando de contusão e ainda não deve ter condições de jogo.

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.