Bahia repete time para tentar a 2.ª vitória consecutiva

Para tentar a segunda vitória seguida no comando do Bahia, após duas derrotas consecutivas no início do trabalho à frente do time, e se afastar ainda mais da zona de rebaixamento do Campeonato Brasileiro, o técnico Joel Santana vai repetir o esquema usado no triunfo sobre o Fluminense, no último domingo, na partida desta quarta-feira contra o Atlético Paranaense, às 20h30, no estádio de Pituaçu, em Salvador, pela 25.ª rodada.

TIAGO DÉCIMO, Agência Estado

21 de setembro de 2011 | 07h19

O treinador prefere manter o discurso de que ainda não definiu o time, que enfrenta um adversário direto na luta para escapar do rebaixamento - o Bahia, com 27 pontos, está na 16.ª posição, duas à frente do Atlético, que tem 23 pontos.

Na prática, porém, só há uma dúvida, de ordem médica: caso o meia Carlos Alberto tenha condições de jogo, ele começa a partida. Se não tiver, Lulinha entra em seu lugar - como ocorreu no jogo contra o Fluminense. A única alteração que a equipe deve ter é a volta do zagueiro Paulo Miranda, que cumpriu suspensão automática contra o time carioca. "Não podemos dar chances para os contra-ataques", disse o zagueiro, lembrando que o adversário marcou apenas 24 gols na competição. "No que depender da gente, eles vão continuar sendo o pior ataque do campeonato".

Tudo o que sabemos sobre:
futebolCampeonato BrasileiroBahia

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.