Felipe Oliveira/Bahia
Felipe Oliveira/Bahia

Bahia repete time para tentar quebrar série negativa contra o CSA

Técnico Roger Machado, entretanto, ainda deixou dúvidas a respeito de Fernandão e Alejandro Guerra

Redação, Estadão Conteúdo

01 de dezembro de 2019 | 15h10

Tentando quebrar uma série de nove jogos sem vencer, o Bahia deve apostar na mesma formação que empatou, por 1 a 1, contra o Atlético Mineiro, na partida contra o CSA, marcado para este domingo, às 18h, no estádio Rei Pelé. Os desfalques ficam por conta do meia Marco Antônio e do atacante Rogério, ambos vetados pelo departamento médico.

Roger Machado ainda deixou duas dúvidas no ar. Fernandão, que se envolveu em uma polêmica com a torcida, tem possibilidade de iniciar jogando, assim como o meia Guerra. Mas a tendência é que ambos continuem como opções no banco de reservas.

"(A má fase) Está incomodando a gente, pela qualidade que nosso time tem. A gente poderia estar brigando mais em cima na tabela. Ficamos um pouco mais distantes. Nossa equipe é bem madura para assimilar as coisas que estão dando errado. Corrigir e tentar melhorar. Vamos em busca desse resultado em Maceió. Vai ser um jogo difícil, como falei. Mas acho que, pelo que a gente já mostrou no campeonato, temos totais condições de deixar o Bahia no mínimo entre os dez primeiros no campeonato", disse Élber.

Já Roger Machado falou do desempenho do clube. "Trabalhamos o emocional do atleta para que ele sinta confortável no jogo. É final de temporada, não há mais o que fazer. Se vencermos os três jogos, vamos fazer a melhor campanha do clube no campeonato e o torcedor vai ficar feliz. A frustração vem da expectativa e o grupo também está decepcionado", completou.

Com 45 pontos, o Bahia está dentro da zona de classificação para a Copa Sul-Americana, o que virou o principal objetivo da equipe, que ficou distante da briga para disputar a Libertadores em 2020.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.