Divulgação
Divulgação

Bahia segura pressão do Inter e vence por 2 a 0 na Arena Fonte Nova

Foi a segunda vitória dos baianos sobre os gaúchos no Brasileirão

TIAGO DÉCIMO, Agência Estado

19 de setembro de 2013 | 23h14

SALVADOR - O Bahia aproveitou as duas chances que criou, segurou a grande pressão feita pelo Internacional e bateu a equipe gaúcha por 2 a 0, nesta quinta-feira, na Arena Fonte Nova, em Salvador. Com o resultado, abriu distância de quatro pontos para a zona de rebaixamento e chegou à 13.ª posição, com 28 pontos. Já o clube do Rio Grande do Sul permaneceu com 34 pontos, em quinto, mas viu o G4 se afastar com a vitória do Atlético Paranaense, que foi a 38, sobre o Flamengo.

O jogo começou amarrado, com as defesas levando ampla vantagem sobre os ataques. A ponto de o primeiro lance de real perigo ter surgido apenas aos 23 minutos, em uma bola esticada por Kleber para Otávio. O atacante do Internacional entrou na área pela esquerda, mas chutou fraco para defesa de Marcelo Lomba. O segundo bom lance veio aos 38 minutos, de novo com o Internacional. Leandro Damião recebeu na entrada da área, de costas para o gol, girou e chutou. Marcelo Lomba não alcançou, mas a bola explodiu no travessão. E foi só.

O segundo tempo começou mais animado, com as duas equipes buscando o ataque. E o Bahia abriu o placar logo aos 5 minutos, em uma jogada protagonizada por dois dos três volantes do time em campo. Hélder avançou pela esquerda e cruzou, o goleiro Muriel socou a bola para frente e Feijão pegou o rebote de primeira, da entrada da área. A bola desviou no zagueiro Índio e tirou a chance de defesa do goleiro.

O gol deixou o jogo mais aberto e o técnico Dunga aproveitou para adiantar o Internacional, sacando o volante Josimar para colocar o atacante Caio. A substituição deu resultado imediato. O time gaúcho passou a dominar as ações e a pressionar o Bahia, que se limitava a se defender.

O Internacional criava - e perdia - chances sucessivas, parando em boas defesas de Marcelo Lomba e na trave - Leandro Damião, mais uma vez, Caio e Rafael Moura acertaram as balizas. Apesar da grande pressão colorada, foi o que Bahia ampliou, no único contra-ataque que conseguiu articular. Marquinhos Gabriel deu grande assistência para Fernandão, que recebeu dentro da área, limpou o zagueiro e o goleiro em apenas um toque e empurrou para o gol.

Na próxima rodada, a 23.ª, o Bahia vai ao Maracanã para enfrentar o vice-líder Botafogo, no domingo, às 16 horas. Já o Internacional recebe a Portuguesa, no mesmo horário, no Estádio do Vale, em Novo Hamburgo (RS).

FICHA TÉCNICA

BAHIA 2 x 0 INTERNACIONAL

BAHIA - Marcelo Lomba; Fabrício Lusa, Lucas Fonseca, Titi e Jussandro (Erick Daltro); Fahel, Feijão (Diones), Hélder e William Barbio; Wallyson (Marquinhos Gabriel) e Fernandão. Técnico: Cristóvão Borges.

INTERNACIONAL - Muriel; Gabriel, Índio, Juan e Kleber; Airton, Willians (Fabrício), Josimar (Caio), Alex e Otávio (Rafael Moura); Leandro Damião. Técnico: Dunga.

GOLS - Feijão, aos 5, e Fernandão, aos 42 minutos do segundo tempo.

CARTÕES AMARELOS - William Barbio, Fabrício Lusa e Marcelo Lomba (Bahia); Airton, Alex, Josimar, Willians e Rafael Moura (Internacional).

ÁRBITRO - Wagner Reway (MT).

RENDA - R$ 209.970,00.

PÚBLICO - 8.979 pagantes.

LOCAL - Arena Fonte Nova, em Salvador (BA).

Tudo o que sabemos sobre:
futebolBrasileirãoBahiaInter

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.