Bahia só empata com o Oeste e desperdiça chance de entrar no G-4

Tricolor poderia entrar na zona de classificação para a Série A

Estadão Conteúdo

22 Outubro 2016 | 18h38

Apesar da insistência no final do segundo tempo, o Bahia ficou apenas no empate por 1 a 1 com o Oeste na tarde deste sábado, pela 32.ª rodada do Campeonato Brasileiro da Série B. O Bahia chegou aos 50 pontos e desperdiçou a chance de entrar no G-4, a zona de acesso à elite nacional.

Com o resultado, o Oeste completou dez jogos sem vitória na competição, com 34 pontos, em 16.º lugar, perto da zona de rebaixamento. A última vez que conquistou um triunfo foi em 27 de agosto, há quase dois meses, quando bateu o Paysandu por 1 a 0 na 21.ª rodada. De lá pra cá, foram seis derrotas e quatro empates.

Apoiado pela sua torcida que foi ao estádio em Barueri, o Bahia começou o jogo pressionando. Logo aos nove minutos de bola rolando, Juninho cobrou uma falta e levantou a bola na grande área. Na marca do pênalti, a defesa conseguiu ganhar e afastou para escanteio com Bruno Silva. Pouco tempo depois, Edigar Junio aproveitou uma falha da marcação e ficou frente a frente com Felipe Alves, mas bateu fraco, nas mãos do goleiro.

Mesmo com a pressão inicial, o Bahia caiu de produção nos últimos minutos do primeiro tempo. A marcação paulista acertou a recomposição e afastava o perigo ainda na intermediária. Em resposta às investidas, o time da casa apostava principalmente nos chutes de longa distância, mas não conseguia vencer o goleiro Muriel, que fechou a sua meta.

Depois de muita conversa nos vestiários, os dois times voltaram mais ligados para a etapa final. Com espaço no meio, Marquinho tentou uma jogada individual na entrada da área e acabou derrubado. Na cobrança da falta, o atacante Pedro Carmona mandou no ângulo de Muriel, que se esticou todo, mas não conseguiu evitar o gol do Oeste aos 13 minutos do segundo tempo.

Atrás no marcador e precisando do resultado, o Bahia conseguiu empatar cinco minutos depois. O lateral Eduardo foi até a linha de fundo pela direita e tentou um cruzamento para a pequena área, mas, antes de a bola chegar a Edigar Junio, o zagueiro Bruno Silva cortou mal e mandou contra as próprias redes, deixando o marcador igual na Arena Barueri.

O Oeste já volta a campo na próxima terça-feira, pela 33.ª rodada do Campeonato Brasileiro da Série B. Novamente na Arena Barueri, na Grande São Paulo, o clube recebe o Luverdense, às 19h15, enquanto o Bahia terá uma semana para trabalhar, já que tem compromisso marcado apenas para próximo sábado, às 17 horas, contra o Ceará na Fonte Nova, em Salvador.

FICHA TÉCNICA

OESTE 1 X 1 BAHIA

OESTE - Felipe Alves; Betinho, Bruno Silva e Felipe Rodrigues; Rodolfo, Daniel Simões (Mike), Matheus Vargas, Pedro Carmona (Danielzinho) e Léo Artur; Marquinho (Wesley) e Crysan. Técnico: Fernando Diniz.

BAHIA - Muriel; Eduardo, Tiago, Jackson e Tinga; Juninho, Luiz Antônio (Renê Júnior) e Renato Cajá (Régis); Edigar Junio, Wesley Natã (Misael) e Victor Rangel. Técnico: Givanildo Oliveira.

GOLS - Pedro Carmona, aos 12, e Bruno Silva (contra), aos 18 minutos do segundo tempo.

ÁRBITRO - Rodrigo Alonso Ferreira (SC).

CARTÕES AMARELOS - Crysan e Bruno Silva (Oeste); Luiz Antônio e Misael (Bahia).

RENDA - R$ 24.955.

PÚBLICO - 3.477 torcedores.

LOCAL - Arena Barueri, em Barueri (SP).

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.