Bahia vence, assume a vice-liderança provisória e afunda o ABC no Frasqueirão

O Bahia assumiu provisoriamente a vice-liderança do Campeonato Brasileiro da Série B. Nesta sexta-feira, pela 16.ª rodada, no estádio Frasqueirão, em Natal, bateu o ABC por 3 a 0, afundando ainda mais o rival, que ainda não venceu nenhuma partida em sua casa. Alexandro, Souza e Rômulo foram os autores dos gols.

Estadão Conteúdo

31 de julho de 2015 | 23h33

Com 16 pontos, o ABC está uma posição acima da zona de rebaixamento, mesmo porque não vence diante de sua torcida há nove jogos - seis derrotas e três empates. Enquanto isso, o Bahia chegou aos 28 pontos, um atrás do líder Botafogo.

Durante o jogo, um isqueiro e uma bomba de fora do estádio foram arremessados ao gramado, complicando ainda mais a situação do time na sequência da Série B. A punição é dada como certa.

O primeiro tempo foi bem movimentado, com os dois times criando ótimas chances para abrir o placar. No entanto, melhor colocado e com um elenco mais forte tecnicamente, o Bahia aproveitou as chances e marcou dois gols. Aos 28 minutos, Eduardo cruzou na cabeça de Alexandro, que subiu mais que todo mundo e testou para o fundo das redes. O segundo gol não demorou a sair e, aos 42, Souza, de fora da área, acertou um chute rasteiro e cruzado.

O segundo tempo começou como o primeiro, bem corrido, com os times criando as chances. Mas quem foi eficiente e marcou foi o Bahia. Aos 13 minutos, após cruzamento, Alexandro desviou de cabeça e Rômulo só completou para o fundo das redes. Cinco minutos depois, mais uma vez Alexandro acertou o travessão de Saulo. No final, o Bahia administrou o resultado e comemorou a vice-liderança.

Pela 17.ª rodada, o ABC volta ao gramado no próximo sábado, dia 8, quando encara o Mogi Mirim, no interior paulista, às 21 horas. Do outro lado, o Bahia joga na sexta-feira contra o Boa, em Salvador.

FICHA TÉCNICA

ABC 0 x 3 BAHIA

ABC - Saulo; Reginaldo, Sueliton, Leonardo Luiz e Marcílio; Fábio Bahia, Neto e Wellington Bruno (Cleyton); Rafinha, Edno (Bismark) e Fabinho Alves (Chiclete). Técnico: Toninho Cecílio.

BAHIA - Douglas Pires; Tony, Robson, Jailton e Vitor Costa; Yuri, Souza (Wilson Pittoni), Tiago Real e Eduardo (Rômulo); Alexandro (João Paulo) e Kieza. Técnico: Sérgio Soares.

GOLS - Alexandro, aos 28, e Souza, aos 42 minutos do primeiro tempo; Rômulo, aos 13 minutos do segundo tempo.

CARTÕES AMARELOS - Yuri e Douglas Pires (Bahia).

ÁRBITRO - Roger Goulart (RS).

RENDA - R$ 26.635,00.

PÚBLICO 1.325 pagantes (3.147 no total)

LOCAL - Estádio Frasqueirão, em Natal (RN).

Tudo o que sabemos sobre:
futebolSérie BABCBahia

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.