Bahia vence e interrompe série invicta do São Caetano

Em tarde inspirada da dupla de ataque Jael e Nadson, o Bahia venceu o São Caetano, por 3 a 1, em Salvador, pela 21.ª rodada do Campeonato Brasileiro da Série B, e encerrou uma sequência de sete vitórias consecutivas do clube paulista.

AE, Agencia Estado

29 de agosto de 2009 | 18h42

O time baiano chegou à sua terceira vitória seguida. O resultado fez com que o Bahia voltasse a sonhar com o G-4. Com 30 pontos, sete abaixo da zona de acesso, o clube ocupa a nona colocação. O São Caetano, por sua vez, permanece na quinta colocação, com 33 pontos.

Jogando em casa, o Bahia foi melhor durante todo o jogo. Aos 18 minutos, o time da casa fez a festa da torcida, que compareceu em peso. Após cobrança de escanteio de Hélton Luiz, Jael escorou de cabeça e abriu o placar.

O gol animou os anfitriões, que marcaram o segundo aos 24 minutos. Jael deu ótimo passe para Nádson, o atacante driblou dois defensores dentro da área e chutou no ângulo do goleiro Luiz, marcando um belo gol.

No segundo tempo, o Bahia fez o terceiro novamente com Nadson, aos 18 minutos, cobrando pênalti. Quatro minutos depois, Xuxa cruzou da direita e a bola bateu no peito do lateral Bebeto, que marcou contra.

Os dois times voltam a campo no próximo sábado, pela 22ª rodada da Série B. O Bahia enfrenta o Ceará, às 16h10, fora de casa, enquanto o São Caetano recebe o Vila Nova, no ABC, no mesmo horário.

Ficha Técnica:

Bahia 3 x 1 São Caetano

Bahia - Fernando; Bebeto, Nen, Evaldo e Rubens Cardoso (Hernani); Hélton Luiz, Leandro, Elton e Juninho; Jael (Lima) e Nadson (Alex Terra). Técnico: Sérgio Guedes.

São Caetano - Luiz; Artur (Careca), Marcelo Batatais, Anderson Marques e Bruno Recife; Diogo Orlando, Jairo (Xuxa), Eduardo Ramos e Everton Ribeiro (Wendell); Vandinho e Washington. Técnico: Antonio Carlos.

Gols - Jael, aos 18, e Nadson, aos 24 minutos do primeiro tempo. Nadson (pênalti), aos 18, e Bebeto (contra), aos 22 minutos do segundo tempo.

Cartões amarelos - Jael, Hélton Luiz, Elton (Bahia); Diogo Orlando e Xuxa (São Caetano).

Árbitro - Antônio Hora Filho (SE).

Renda - R$ 483.475,00.

Público - 30.390 torcedores.

Local - Estádio Pituaçu, em Salvador (BA).

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.