Baiano e Lúcio são as preocupações de Zetti

O time do Paulista realizou na tarde desta quinta-feira um mini-coletivo e um treino tático no gramado do Estádio Hermínio Ometto, em Araras. Esse é um dos cinco treinamentos previstos antes do jogo decisivo contra o Palmeiras, domingo, às 16 horas, pelas semifinais do Campeonato Paulista. O técnico Zetti simulou jogadas feitas pelos laterais palmeirenses Lúcio e Baiano, que são as preocupações principais dos jundiaienses. Zetti realizou jogadas simuladas entre titulares e reservas. A intenção é impedir que Lúcio e Baiano encontrem facilidades em suas avançadas ao campo de ataque. "Sabemos que o Palmeiras tem vários outros jogadores perigosos, mas essa jogada que estamos tentando anular leva o time adversário a construir muitas possibilidades de cruzamento e de conclusão", avalia o treinador. O time vai treinar nesta sexta-feira - manhã e tarde- e no sábado pela manhã fará um recreativo. A comissão técnica quer que os jogadores tenham o maior contato possível com o que está chamando de " nova casa do Paulista". O atacante João Paulo parece ter entendido este objetivo. "Temos que nos sentir em casa. Se acreditarmos que podemos vencer o Palmeiras e jogarmos como se aqui fosse o Jaime Cintra, vamos conseguir um resultado positivo", garante o atacante. A cobrança de pênaltis, uma das opções para decidir quem vai à final do Paulista, já está preocupando o treinador. Ele treinou cobranças e está definindo quem serão os cobradores se a partida terminar empatada no tempo normal. Davi, Canindé, Danilo, Alemão e Izaías deverão ser os cobradores. Eles têm melhor aproveitamento nos treinos. Bom momento - Zetti analisou também um outro momento vivido por seus jogadores. Alguns estão sendo sondados para jogarem por outros clubes. Aílton, meia que pertence ao São Paulo, já faz parte dos planos de Cuca, técnico do Tricolor. O meia Canindé, ex-Santos, já foi sondado por clubes do Paraná. "Isso é natural. Quem trabalha e constrói alguma coisa, só pode receber boas notícias. O elenco é forte e não me surpreende nada que alguns jogadores recebam propostas. Mas peço a eles que deixem para conversar depois que o campeonato acabar. Agora é hora de cada um dar mais ainda de si para que a valorização possa ser maior. Para isso, só devemos pensar no Palmeiras e com uma vitória nas finais do Paulista", comenta Zetti, otimista. Ele próprio foi sondado, recentemente, para assumir o Sport. A diretoria do União São João está aguardando uma decisão dos diretores do Paulista, mandante da partida, para saber se libera ou não o Estádio Hermínio Ometto para que o time do Palmeiras possa realizar um reconhecimento do gramado no sábado à tarde. O time de Jundiaí viajou nesta quinta após o almoço para Araras, se instalando no Flat Hotel Lagoa Serena. À tarde realizou o treino tático no estádio.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.