Baiano vira problema no Palmeiras

O lateral-direito Baiano virou dúvida no Palmeiras para o clássico contra o Corinthians, domingo, no Morumbi. Em razão de febre e indisposição física causada por um furúnculo na região pubiana, o jogador não treinou hoje e se transformou em preocupação para o técnico Estevam Soares. "Se o jogo fosse hoje ele não entraria em campo", admitiu Estevam. O atacante Osmar, com dores musculares, participou de apenas 10 minutos do treino coletivo - Renaldo atuou em seu lugar -, mas não deve ser problema para enfrentar o Corinthians. Devido à ausência de Baiano, o treinador experimentou várias formações diferentes no treinamento. Adãozinho atuou na lateral-direita e Pedrinho ganhou chance no meio-campo. A escalação só será definida após o treino deste sábado pela manhã. Marcos - Foram bem-sucedidas as cirurgias no punho esquerdo e no polegar esquerdo do goleiro Marcos, realizadas hoje no Hospital Santa Catarina, em São Paulo. Marcos teve alta horas após a operação e ficará cerca de quinze dias com a mão imobilizada. De acordo com o médico do Palmeiras, Vinícius Martins, o goleiro só deve voltar a jogar em 2005.

Agencia Estado,

27 Agosto 2004 | 19h55

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.