Daniel Teixeira/Estadão
Daniel Teixeira/Estadão

Baixo público faz o São Paulo ter prejuízo contra o São Bento

Com renda de 4,5 mil pessoas, time ficou no vermelho em R$ 6,4 mil

CIRO CAMPOS, O Estado de S. Paulo

13 Março 2015 | 16h01

O São Paulo teve prejuízo de R$ 6,4 mil com o baixo público do jogo com o São Bento, na quinta-feira, pelo Campeonato Paulista. Segundo o boletim financeiro da Federação Paulista de Futebol (FPF), as despesas como mandante do clube do Morumbi superaram as receitas da partida, que teve o menor público do time no ano, com 4,5 mil pessoas.

De acordo com a FPF, o São Paulo colocou à venda para o jogo apenas 9 mil entradas, das quais metade foi devolvida. A renda foi de R$ 119.375, contra despesas de R$ 125.853. Os ingressos para a partida foram vendidos a partir de R$ 40 e o valor motivou protestos nos arredores do estádio.

Alguns torcedores levaram faixas para protestar contra o custo. "Venho, mas não entro. Ingresso caro é igual a estádio vazio", dizia uma faixa. "Faremos aqui fora a festa que nos proíbem lá dentro", estava escrito em outra.

O técnico Muricy Ramalho admitiu após o jogo que o Campeonato Paulista não cativa a presença da torcida. "O Paulista na primeira fase é chato mesmo. Não é uma crítica. É difícil o torcedor vir em um jogo como esse, ainda mais depois de perder um clássico. A gente entende", comentou.

O São Paulo até agora não teve grandes públicos no ano. A maior presença da torcida foram os 18 mil pagantes no clássico do último domingo, contra o Corinthians, pelo Estadual. Na Copa Libertadores, o time tricolor teve na estreia como mandante a pior bilheteria nos últimos 23 anos pela competição continental. Apenas 16,8 mil pessoas foram ao Morumbi na goleada por 4 a 0 sobre o Danubio.

Mais conteúdo sobre:
futebol São Paulo FC Campeonato Paulista

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.