Ballack é contra marcação individual sobre Riquelme

O capitão da seleção alemã, o meia Michael Ballack, se mostrou contrário à possibilidade de marcação individual sobre o meia Riquelme e acha que sua equipe não tem de mudar a forma de jogar para enfrentar a Argentina, nesta sexta-feira, pelas quartas-de-final da Copa do Mundo, em Berlim.?Nós estamos jogando bem, crescendo a cada partida e precisamos apenas repetir as boas atuações que mostramos. Alterar qualquer coisa agora não teria sentido?, disse.O meia, que vem jogando recuado, deve dividir com Frings a tarefa de marcar o principal armador adversário. Cogitou-se durante a semana que Ballack poderia ficar grudado em Riquelme. O técnico Jürgen Klinsmann, no entanto, não confirmou nem desmentiu a informação.?Somos realistas e por isso sabemos que temos chances de avançar?, afirmou Ballack, recuperado da lesão no pé que o tirou dos treinos de domingo e terça-feira. ?Vai ser um jogo difícil, mas estamos em excelente momento. Se nos esforçarmos, temos ainda mais possibilidade de superar a Argentina.? Para o capitão da Alemanha, a probabilidade de vitória de sua equipe está em torno de 60%.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.