Ballack voltará a jogar no Leverkusen apenas em 2011

O Bayer Leverkusen revelou nesta terça-feira que o meia alemão Michael Ballack não terá condições de defender a equipe no restante do ano por conta de uma lesão na perna esquerda. O clube explicou que um exame mostrou que a contusão foi mais grave do que se pensava inicialmente e, assim, Ballack terá que usar uma tala por um período entre 4 e 6 semanas.

AE, Agência Estado

06 de outubro de 2010 | 09h44

Ballack sofreu a contusão no dia 11 de setembro, no seu mais recente problema depois de ficar fora da Copa do Mundo da África do Sul por conta de uma lesão no tornozelo. O Bayer Leverkusen tinha esperança de que o meia pudesse retomar ao time durante o mês de novembro. Ele foi contratado pelo clube alemão na última janela de transferências após passagem apagada pelo Chelsea.

Preocupado em não contar com Ballack, o técnico Jupp Heynckes afirmou que o mais recente problema enfrentado pelo jogador "é muito lamentável". O meia continua sendo oficialmente o capitão da seleção alemã, mas o técnico Joachim Low disse que ele deve recuperar sua forma para voltar a ser convocado.

Tudo o que sabemos sobre:
futebolBayer LeverkusenBallack

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.