Nilton Fukuda/Estadão
Nilton Fukuda/Estadão

Balotelli é cortado da Copa das Confederações e retorna à Itália

Atacante retorna nesta segunda-feira para iniciar o tratamento da lesão

LUÍS AUGUSTO MONACO - Enviado especial, O Estado de S. Paulo

24 de junho de 2013 | 15h57

FORTALEZA - A situação da Itália piorou. Após ser confirmado que Balotelli ficaria fora da partida contra a Espanha, o técnico Cesare Prandelli recebeu outra má notícia nesta segunda-feira. O atacante, que sofreu uma lesão muscular de grau um na coxa esquerda, não ficará apenas fora da semifinal, mas também de todo o resto da Copa das Confederações.

O médico Enrico Castelacci disse em entrevista coletiva, nesta segunda, em Fortaleza, que, após ter sido reavaliado nesta manhã, Balotelli não terá mais condições de jogo. O departamento médico também confirmou que o atacante italiano deve retornar ainda nesta segunda para a Itália, onde começará o tratamento da lesão.

Balotelli, que tem jogado como único atacante da equipe de Cesare Prandelli, foi marcado com rigor e sofreu muitas faltas da defesa da seleção brasileira na partida do último sábado, pela última rodada da fase de grupos da Copa das Confederações. Ele ficou em campo até o fim do jogo, mas deixou o gramado da Fonte Nova reclamando de dores.

A Itália enfrenta a Espanha nesta quinta-feira, às 16h, na Arena Castelão, em Fortaleza, valendo uma vaga na decisão da Copa das Confederações. Na ausência de Balotelli, o técnico Cesare Prandelli tem à sua disposição El Shaarawy e Gilardino.

Outro desfalque certo é o lateral-direito Abate, do Milan, que está também fora do torneio, após sofrer uma luxação no ombro direito contra a seleção brasileira. Por outro lado, Montolivo está liberado pelos médicos após um trauma na cabeça. E Pirlo, que se recupera de uma lesão na panturrilha, tem boas chances de enfrentar a Espanha.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.