Reprodução
Reprodução

Queen, U2 e Oasis prestam homenagens a Maradona

Artistas usaram redes sociais para relembrar encontros com o ídolo argentino falecido nesta quarta-feira

Redação, O Estado de S. Paulo

26 de novembro de 2020 | 13h05

A comoção mundial pela morte do ex-jogador Diego Armando Maradona chegou às estrelas do rock. Bandas como U2, Queen e Oasis usaram as redes sociais para relembrar encontros com o craque argentino. O ídolo do futebol mundial morreu nesta quarta-feira, 25, em Buenos Aires. Aos 60 anos, completados no mês passado, ele trabalhava como técnico do Gimnasia Y Esgrima de La Plata e lutava contra uma série de problemas de saúde. Ele morreu depois de sofrer parada cardiorrespiratória.

Liam Gallagher, do Oasis, postou uma foto do encontro dele com Maradona. “Ele era assustador, mas belo”, escreveu o músico. Liam contou que estava em turnê com o Oasis e foi curtir uma noite de folga em um bar. Ele estava com Noel quando avistou uma multidão entrando no estabelecimento. Ele viu Maradona no meio de todos fazendo embaixadinhas com uma tampa de garrafa.

 

As redes sociais do grupo Queen mostram um encontro da banda com Maradona no dia 8 de março de 1981. “Descanse em paz, lenda do futebol Diego Maradona”, diz a publicação. A banda fez cinco shows em Buenos Aires antes de desembarcar no Brasil. À época, o astro jogava pelo Argentino Juniors – ele se transferiu para o Boca Juniors no ano seguinte. O vocalista Freddie Mercury, falecido em 1991, vestia a camiseta da seleção argentina. Já o craque usa uma camisa que reproduz a bandeira do Reino Unido. Diego chegou a subir ao palco após convite dos músicos. Vale lembrar que no ano seguinte Inglaterra e Argentina se envolveram em um conflito armado pela posse das Ilhas Malvinas. Os ingleses se saíram vitoriosos. 

A banda irlandesa U2 também mostrou um registro de uma visita à Argentina em que se encontrou com ídolo. O encontro aconteceu em março de 2016, com abraços e a tradicional troca de presentes entre o vocalista Bono Box e o ex-jogador. O episódio aconteceu no Palácio Álzaga Unzué, em Buenos Aires, onde a banda estava hospedada. Dalma, filha do Maradona e grande fã da banda, atuou como intérprete no encontro. "Faz muito tempo que eu queria te conhecer", disse o vocalista. 

Outras bandas, como Garbage, Primal Scream, Glass Animals, Massive Attak, Pete Doherty e Sleaford Mods também lamentaram a morte de Maradona.

Tudo o que sabemos sobre:
MaradonaU2OasisQueenfutebolmúsica

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.