Banqueiro cita Hélio Viana na CPI

O diretor-executivo do Bank of America, Luiz Barbosa, disse nesta quarta-feira na CPI da CBF/Nike, na Câmara, que foi consultado pelo empresário Hélio Viana, sócio da Pelé Sports, a respeito de uma remessa para o Liberal Bank, em Nassau, Bahamas, e confirmou quatro remessas para pagamento de despesas do Departamento de Futebol do Vasco da Gama. Segundo Barbosa, as remessas de R$ 3,35 milhões, R$ 2,33 milhões, R$ 2,85 milhões e R$ 4,02 milhões, totalizando R$ 12,55 milhões.Para o deputado Eurico Mirando (PPB-RJ) e presidente do Vasco, todas essas remessas foram feitas por intermédio do Banco Central e, segundo confirmou Barbosa, nenhum desses depósitos foi efetuado ou na conta de Eurico Mirando ou na conta do Vasco da Gama . "O Bank of America intermediou a transação sabendo que a transferência seria para pagamento de empréstimo e de passes de jogadores e que nenhuma delas teve a intermediação direta da diretoria do Vasco da Gama. Todos esses negócios foram realizados na maior lisura possível. Não procedem as informações ou as dúvidas de que o dinheiro tivesse sido depositado na conta do deputado Eurico Miranda", disse Barbosa.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.