Ciro Campos/Estadão
Ciro Campos/Estadão

Eduardo Baptista afirma ter uma dúvida para escalar o Palmeiras domingo

Ataque é o setor com a disputa mais em aberto no time para estreia no Campeonato Paulista

Ciro Campos, O Estado de S. Paulo

03 de fevereiro de 2017 | 12h57

O Palmeiras só tem uma indefinição no time titular para a estreia no Campeonato Paulista, domingo, contra o Botafogo, no Allianz Parque. O técnico Eduardo Baptista contou nesta sexta-feira que para definir a formação só tem essa dúvida, mas não revelou a posição. Possivelmente a indecisão é no ataque, setor em que quatro jogadores foram testados nos amistosos de pré-temporada.

"A gente consegue chegar à estreia do Paulista em um nível muito bom, é o melhor possível dentro das condições. Estou muito satisfeito pelo que foi produzido por todos aqui. Estou com uma dúvida só no time. A equipe está praticamente definida", disse o treinador. A equipe fez treino tático fechado à imprensa no Allianz Parque. Foi a primeira atividade da equipe no estádio no ano.

Nos dois amistosos de pré-temporada, contra Chapecoense e Ponte Preta, o treinador escalou um atacante diferente em cada tempo. Dentro do esquema 4-1-4-1, Baptista começou o ano com Alecsandro como homem de referência, porém testou Érik na estreia, mais Willian e Alecsandro na partida seguinte. 

No treino de quinta-feira, o último aberto aos jornalistas, a escolha foi por Willian. O possível time da estreia deve ter: Fernando Prass; Jean, Dracena, Vitor Hugo e Zé Roberto; Felipe Melo; Róger Guedes, Tchê Tchê, Raphael Veiga e Dudu; Willian (Barrios). 

Baptista disse que transferiu o local de treino da Academia de Futebol para o estádio por notar que no domingo, no amistoso com a Ponte Preta, os jogadores tiveram dificuldade com o gramado. "Nós sentimos um pouco. Demoramos uns dez minutos para entrar no jogo. Pedimos à diretoria para ter um treinamento aqui, até para pegar confiança, tempo de bola, referências de localização", explicou.

Para as próximas semanas o treinador espera contar com todos os jogadores. O zagueiro Mina e o meia Moisés fazem trabalhos físicos para se recuperar de lesão. O meia venezuelano Guerra, apresentado pelo clube nesta quinta, aguarda a documentação para poder estrear pela equipe. "Fisicamente ele está bem. Podemos usar esse tempo para que ele se adapte ao elenco", disse.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.