Barbarense acerta na parceria ucraniana

Enquanto a diretoria e o Conselho de Orientação do Corinthians batem cabeça para firmar parceria com o grupo de investidores russos, no interior de São Paulo, um clube prova que a solução para sair da crise pode estar nos dólares vindos do leste europeu. Desde julho de 2002, o grupo ucraniano UB Corporation, com sede na Suíça, comanda o futebol do União Agrícola Barbarense, clube que disputa a Série A-1 do Campeonato Paulista e a C do Brasileiro. Com pouco mais de um ano, a parceria trouxe bons resultados ao clube, que ameaçava fechas as portas. "O União passava por uma situação muito complicada. Ninguém queria assumir na situação em que se encontrava. Acredito que se não fosse a parceria, dificilmente o clube estaria em atividade", explicou o técnico Sérgio Farias, campeão mundial com a Seleção Brasileira Sub17, em 1997, e que foi contratado pela empresa. Logo nas primeiros meses do contrato, os ucranianos pagaram cerca de R$ 400 mil em dívidas do União. Como troca, os empresários, que ainda investem US$ 20 mil mensais, tem liberdade total para levar jogadores à Europa. Os primeiros a trocarem o calor pelo frio foram os atacantes Erivélton e Willian. Há duas semanas, outros dois atletas também deixaram Santa Bárbara do Oeste. Os meias Marcel e Nenê foram atuar por um clube da República Tcheca. "Temos que tomar cuidado para não enfraquecer nosso time", ressaltou Sérgio Farias. O treinador, aliás, confirma que o interesse dos investidores é mesmo na exportação de jogadores. "Eles querem fortalecer os times de lá. São jogadores medianos no Brasil, mas que poderão dar muito certo na Europa. Além disso, é muito bom para os jogadores que terão a chance de aparecer", afirmou. Além do técnico Sérgio Farias, a UB Corporation designou duas pessoas de confiança para gerenciar o futebol do União Barbarense. Ambos ucranianos. "Um toma conta da parte financeira. O outro observa os jogadores que poderão interessar. A Lei Pelé facilitou muito a entrada desses empresários. Agora é mais fácil para contratar jovens promessas", acrescentou Farias. Dentro de campo, os resultados também estão aparecendo. No Paulistão 2004, o União Barbarense fez ótima campanha, mas acabou eliminado na segunda fase pelo Santos. Na Série C, lidera o Grupo 14 com oito pontos e ainda se dá ao luxo de disputar a Copa Federação Paulista de Futebol, onde também vai bem. Está em segundo lugar no Grupo 4.

Agencia Estado,

26 Agosto 2004 | 09h09

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.