Barbarense decide manter treinador

Apesar da terceira derrota consecutiva no Campeonato Paulista da Série A-1, o técnico Luís Carlos Martins continua no comando do União Barbarense. Logo após o jogo, o clima voltou a ficar tenso, mas o presidente Roberto Mantovani Filho tratou logo de contornar a situação. "O Luís Carlos Martins começou comigo e vai terminar comigo. Nós sabemos das dificuldades e ele está fazendo o possível. O Martins não vai ser demitido", garantiu o presidente, lembrando que as três derrotas foram para fortes adversários - Portuguesa de Desportos, Santos e Guarani.Mantovani está irritado mesmo é com a arbitragem. Para ele, o árbitro Bernardino Demônico Junior foi parcial durante o jogo contra o Guarani. "Iremos tomar providências. Não somos bobos", disse, prometendo enviar um protesto à Federação Paulista de Futebol.Com o resultado negativo, o União Barbarense despencou para a décima terceira colocação e tem um adversário difícil no próximo sábado, véspera de Carnaval. Será o Mogi Mirim, fora de casa. Para este jogo, o time deve contar com o atacante César Mendes, contratado na semana passado. A diretoria não descarta a possibilidade de buscar mais alguns reforços para garantir, pelo menos, a permanência do time na Série A-1 do Paulistão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.