Barbarense e Lusa empatam em 1 a 1

União Barbarense e Portuguesa empataram em 1 a 1, neste sábado à tarde, pela sétima rodada do Campeonato Paulista da Série A1, em Santa Bárbara D´Oeste. Os gols foram marcados no intervalo de apenas um minuto, o que criou a única emoção mais forte da partida. Agora, a Barbarense assumiu a quarta colocação com sete pontos ganhos no Grupo 1. A Lusa respira um pouquinho aliviada, saindo da nona para a sétima colocação com seis pontos ganhos. A Portuguesa, que precisava vencer para fugir do rebaixamento, começou com um esquema bastante ofensivo. O treinador Dario Pereyra preferiu escalar o experiente atacante Paulo Isidoro, em detrimento de Danilo. Nos 10 primeiros minutos, dois bons chutes de fora da área assustaram a torcida local. A resposta do União veio aos 25 minutos. Após cruzamento de Mota, Fernando se esticou mas não conseguiu completar para o gol de Gléguer. Mas a ineficiência ofensiva dos dois times acabou comprometendo o placar no primeiro tempo: 0 x 0. Começou o segundo tempo e parecia que a cena iria se repetir. Mas parecia outro jogo. Os times tinham mais objetividade. Aos 13 minutos, o técnico Sérgio Farias deu mais dinamismo para o União com a entrada de Marco Aurélio, que quase marcou após receber cruzamento de Yomísio. Mas somente após os 30 minutos que a partida iria esquentar. Aos 32 minutos, o zagueiro César se atrapalhou na intermediária. O volante Wilton Batata tomou-lhe a bola, passou por Marquinhos e chutou no canto esquerdo de Gléguer. A torcida explodiu com o gol. Mas, quando os jogadores da Barbarense ainda estavam comemorando o gol, a Lusa saiu jogando rapidamente do meio campo. A bola foi lançada para Lucas, que chutou forte para igualar o marcador, um minuto após sofrer o revés. A partida começava a ganhar novo desfecho após os gols. O União desceu ao ataque com o atacante Marcel, que entrou no lugar de Mota. Ele chutou forte, a bola bateu no travessão e na linha do gol. Mesmo com as reclamações, o árbitro Rodrigo Braghetto não validou o gol. Aos 43 minutos, o atacante Rodrigo da Portuguesa foi derrubado por Marcone dentro da área. Braghetto também não se deixou levar pela pressão dos atletas da Lusa e seguiu a partida, para o 1 a 1 final. Agora os times voltam a campo no próximo domingo (29). O União Barbarense recebe novamente a Portuguesa, mas a santista, às 16 horas. No mesmo horário, a Portuguesa recebe o Juventus no Canindé.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.