Barbarense quer surpreender na Ilha

Em meio a um turbulento momento político, que culminou com a renúncia do presidente Francisco Silveira Mello, o União Barbarense quer manter o status de surpresa da Série B e vencer outro time pernambucano em apenas duas rodadas do Campeonato Brasileiro da Série B. Na primeira rodada, o time paulista bateu em casa o Náutico, por 2 a 0. O duelo deste sábado, às 16 horas, será contra o Sport, na Ilha do Retiro, em Recife (PE). "Rusguinhas, desentendimentos e desgastes que não tinham como ser reparados". Com essas palavras o presidente da União Barbarense Limitada justificou sua saída, referindo-se a desentendimentos com a UB Corporation, empresa de capital estrangeiro que gere o futebol. No time paulista, as baixas foram os zagueiros Dú Lopes, Carlinhos e Roni, que não renovaram seus contratos e deixaram o clube. Com isso, Fábio Duarte, improvisado, e Lima formam a dupla defensiva, enquanto a documentação de Marcelo Miguel é esperada. Para a vaga do volante André Silva, que foi para a Ponte Preta, retorna Alexandre Dorta. Pelo lado dos pernambucanos, só boas notícias. O técnico Zé Teodoro poderá contar com as estréias dos laterais Russo e Marquinhos, além do meia Éder, contratado junto ao Marília. O restante do time será o mesmo que empatou com o São Raimundo, por 1 a 1, na estréia, em Manaus (AM).

Agencia Estado,

29 de abril de 2005 | 17h39

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.