Barbarense surpreende e vence Náutico

Em sua estréia na Segunda Divisão do Campeonato Brasileiro, o União Barbarense contrariou o favoritismo e venceu o Náutico por 2 a 0 no Estádio Antônio Lins Ribeiro Guimarães, em Santa Bárbara d´Oeste (SP), neste domingo à tarde. O herói da partida foi o jovem centroavante Diogo Galvão, que marcou os dois gols, o segundo com um pênalti sofrido por ele mesmo.Antes do jogo uma polêmica se instalou no estádio. A torcida do União hostilizou o técnico Roberto Cavalo, do Náutico, que deixou o time no Campeonato Paulista para assumir o Paysandu. O treinador, irritado, deu declarações fortes. "Não tem estrutura e não paga. Depois eu que sou mercenário". O União Barbarense foi rebaixado para a Série A2 do Paulista.Mas quando o jogo começou, foi o União que levou a melhor e logo aos cinco minutos Diogo Galvão aproveitou falha da defesa e abriu o placar. O Náutico tentou tirar a vantagem com tiros de longe, mas não teve êxito na primeira etapa.No segundo tempo, apesar da melhora de produção do Náutico, o União Barbarense ampliou a vantagem aos 25 minutos. Diogo Galvão sofreu pênalti. Ele mesmo cobrou e marcou, confirmando-se como nome do jogo. O Náutico, que entrou na competição como um dos favoritos, terá que se reabilitar na próxima contrata, contra a Portuguesa, no Recife. O União Barbarense também joga em Recife, mas para enfrentar o Sport.Confira a classificação, os resultados e a próxima rodada do Campeonato Brasileiro 2005 - Série B.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.