Barbieri terá Guarani completo no Brinco

O Guarani foi salvo pelo gongo. O STJD - Superior Tribunal de Justiça Desportiva - do Rio de Janeiro adiou para a próxima terça-feira, dia 22, o julgamento dos jogadores Jean e Paulão, deixando o técnico Barbieri à vontade para escalar o Guarani completo para o jogo contra o Vitória, quarta-feira, às 20h30, no Estádio Brinco de Ouro, em Campinas. Será a quarta vez seguida que o time atuará com a melhor formação, segundo o treinador. ?Neste aspecto é muito importante para fortalecer nosso trabalho", diz Barbieri, satisfeito com o adiamento no Rio. Desta forma, os dois jogadores também estão liberados para enfrentar o Corinthians, sábado, em São Paulo. A decisão de adiar o julgamento, que estava marcado para a tarde desta terça-feira, partiu do próprio relator do processo, que estranhou o fato de que Alex e Lúcio, que tinham sido expulsos na goleada sofrida diante do Fluminense, por 5 a 2, dia 22 de junho, não estarem na pauta. O goleiro Jean, por exemplo, nem foi expulso, mas foi levado ao tribunal por causa das imagens do jogo, incurso no artigo 228, inciso III, por agressão ao árbitro baiano Lorival Dias Filho. Sua pena pode ser de 60 a 360 dias, o mesmo valendo para Paulão. ?Nosso objetivo é desclassificar este artigo", explicou o diretor jurídico do clube, Luis Célio Moraes. Ele também aprovou a mudança do julgamento que dará mais tempo para a formatação da defesa. Há ainda mais pessoas na mira do tribunal: o meia Marquinhos, expulso, além do ex-técnico Pepe e o fisicultor Lino Fachini Júnior, por agressões verbais. Toda a expectativa criada por causa do julgamento virou tensão no Brinco de Ouro. Pela manhã, o técnico Barbieri comandou um rápido técnico-tático, liberando depois Paulão e Jean, que seguiram para o Rio para testemunharem a favor da defesa. Por isso, à tarde só houve um recreativo. No início da noite, aliviado, Barbieri confirmou o time para tentar superar o Vitória. O esquema 4-4-2 foi mantido e uma nova vitória pode servir para a diretoria manter a sua disposição de efetivar o técnico no cargo. Por enquanto seu saldo é positivo: duas vitórias (Goiás, 3 a 2, e São Caetano, 2 a 0) e apenas uma derrota (Bahia, 2 a 0).

Agencia Estado,

15 de julho de 2003 | 19h05

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.